Matrículas para escola em tempo integral na Vila Eulália serão abertas na próxima semana

4
Escola Municipal Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália. (Foto: Divulgação)

A Escola Municipal Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália, zona norte de Petrolina, ainda não foi inaugurada, mas as matrículas para estudantes do 1º ao 5º ano das séries iniciais do Ensino Fundamental serão iniciadas na próxima semana. A unidade será inaugurada em fevereiro de 2019 e funcionará em tempo integral, dentro do Programa Municipal de Educação Integral (ProMEI). Ao total, serão ofertadas 300 vagas.

Os pais ou responsáveis de alunos da localidade interessados e que estão fora da escola devem se dirigir à unidade nos dias 3 e 4 de janeiro próximo. Os estudantes já matriculados na rede municipal em outra escola, mas moram no bairro ou adjacências e são atendidos por programas sociais, também poderão tentar transferência para a nova escola. Os pais destes alunos serão atendidos no período de 7 a 11 do próximo mês.

Os documentos necessários para inscrição dos alunos no ano letivo de 2019 são cópia e o original dos seguintes documentos: certidão de nascimento, CPF e RG (Identidade); comprovante de residência com CEP da rua; RG e CPF dos pais ou responsáveis; carteira de vacinação; número do NIS/Bolsa Família do estudante e do responsável; cartão do SUS e duas fotos recentes e iguais da criança, tamanho 3×4.

Período integral

No ensino de período integral, os estudantes recebem três alimentações diárias (café da manhã, almoço e lanche) e passam a ter um acompanhamento mais próximo por parte dos professores e comunidade escolar, para reforço do conteúdo ofertado em sala de aula, no período de nove horas. As escolas Anezio Leão, na Vila Eduardo, e São Domingos Sávio, no Gercino Coelho, que também vão ofertar a modalidade integral em 2019, não estão com vagas disponíveis, pois os atuais alunos tiveram sua rematrícula garantida no novo modelo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade essa escola, é no Antônio Cassimiro. Uma escola no vila Eulália fechada, e muitos pais tendo que colocar os filhos em bairros bem distantes. De quem aguardamos respostas? Pois uma escola já pronta, e fazem outra? Não entendi. Sai de onde o dinheiro? Do povo,bora meu povo cobrar ao Senhor prefeito escola no bairro vila Eulália.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome