Maratona pelo Sertão: Eduardo visitará 40 municípios

por Carlos Britto // 24 de fevereiro de 2009 às 15:17

Nada de descanso. Logo depois do Carnaval, o governador Eduardo Campos (PSB) vai emendar a folia com uma viagem de dez dias direto, sem intervalo, pelo Sertão. A maratona começará no dia 9, por São José do Egito, e terminará no dia 19, em Afrânio. Mais de 40 municípios sertanejos serão visitados numa intensa agenda de inaugurações, vistoria de obras, assinatura de ordens de serviço e até lançamento de edital.

O roteiro da viagem ainda está sendo finalizado porque depende dos projetos e obras realizadas em cada cidade. O objetivo da turnê é mostrar o governo presente mesmo em tempos de crise e, de quebra, sinalizar que Eduardo pretende cumprir a promessa de interiorizar o desenvolvimento. “Temos muita coisa para mostrar. Eu tenho dito a vocês (das imprensa) que 2009 é o ano da colheita e essa viagem (ao Sertão) mostrará isso.

Vamos dar visibilidade ao fato de que estamos mudando a vida das pessoas de cada canto do Estado e deixar esse debate político de 2010 para 2010”, disse Eduardo ao JC, em pleno Carnaval, no Bairro do Recife.

A maratona sertaneja estava programada para o final do ano passado, mas o governador não encontrou espaço na agenda para se ausentar por tanto tempo. Ele também tem pressa em cumprir essa agenda porque no final de março ou início de abril, está programada a terceira visita do presidente Lula (PT) a Pernambuco.

Embora se negue a comentar sobre sua provável campanha à reeleição em 2010, Eduardo tem preparado claramente o terreno. A agenda dele está tão intensa que o fez desistir, pela segunda vez este ano, de tirar alguns dias de folga. Primeiro, em janeiro, cancelou as curtas férias para preparar sua equipe para enfrentar a crise econômica. E, agora, cancelou os dias de descanso na sua casa de praia em Candeias.

Folião confesso, Eduardo disse que brincar o Carnaval e ao mesmo tempo cumprir a agenda pública é “beleza”. “E isso lá é problema! Eu tenho uma pilha de números lá na minha mesa para dar conta”, brincou. Ele visitou, ontem, a Cidade Tabajara, em Olinda, onde fica a Casa da Rabeca, do Mestre Salustiano, falecido em agosto do ano passado. O rabequeiro é o homenageado do Carnaval de Pernambuco este ano.

Fonte:JC

Maratona pelo Sertão: Eduardo visitará 40 municípios

  1. Francisco Antonio Ramos disse:

    Eduardo Henrique Accioly Campos, formado em Economia pela Universidade federal de Pernambuco…
    Às vezes, eu fico pensando como alguém se diz economista, se administra as finanças públicas tão mal.
    Conversando com a babá do meu filho, ela fez três observações interessantes que agora divulgo:
    • A compra dos notebooks do programa professor conectado. O governo deu um bônus de R$ 2.300,00 para que os 26.000 funcionários comprassem seus equipamentos. Se ele tivesse feito um pregão eletrônico compraria 26.000 máquinas por um valor mais em conta e com as mesmas características mínimas exigidas no edital de compra.
    • Reforma de escolas. A escola que ela estuda foi reformada no mesmo ano duas vezes, sem necessidade. Enquanto outras estão caindo aos pedaços.
    • Programa Gestar II, um projeto de formação continuada para os professores. Esse programa tem 300 horas de duração. O curso de pós-graduação, Especialização tem de ter, no mínimo, 360 horas. Portanto acrescentando mais 60 horas o governo teria um quadro de professores de fazer inveja a muitos países desenvolvidos, todos os professores pós-graduados. Enquanto isso, esse mesmo governo está pagando curso de pós-graduação para professores selecionados. Um gasto desnecessário, já que o gestar II atenderia a todos.

  2. Pedro Aleixo disse:

    Francisco Antonio, ei de concordar com voce nesses pontos. Porém acrescentando que esse precatoriano ja se movimenta de olho no pleito de 2010. Nada fez pelo sertão, nunca colocou um pé aí, mas com medo, sei lá de que, diz que vai mostrar a cara. Bom que mostre mesmo e diga pra que vem.

  3. Ricardo Menezes disse:

    Espero que ele inclua Santa Maria da Boa Vista neste roteiro Jetro hoje não é prefeito graças a ausência de Eduardo no Processo Eleitoral de 2008. Santa Maria está de bronca com o governador.

  4. patusco disse:

    Eduardo Petrolina ainda hoje espera uma obra sua..chega de condersa mole

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *