Mãe acorrentava filhos para poder trabalhar

por Carlos Britto // 10 de fevereiro de 2009 às 07:45

Uma auxiliar de limpeza acorrentava seus próprios filhos para poder trabalhar em um hospital, em Campo Grande (MS). A denúncia foi realizada pelo próprio pai das crianças, Reinaldo Moreira de Alencar, 36 anos, na tarde de domingo. Rosiney Alves da Silva Ribeiro trabalhava um dia e outro não. Para evitar que os dois de seus três filhos, de 11 e 12 anos, saíssem de casa, ela os acorrentava e entregava as chaves para a mais velha, de 14 anos.

Alencar ainda tentava soltar as crianças, mas era repreendido pela mãe. Os pais moram na mesma casa, porém, estão separados. Rosiney, que foi ouvida pela DPCA-MS (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente de Mato Grosso do Sul) e liberada, irá responder por maus-tratos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *