Lucinha Mota dá largada na campanha com visita à feira do José e Maria

18
Acompanhada do esposo, Sandro, Lucinha visitou a feira do bairro José e Maria. (Foto: Reprodução Facebook)

Candidata a deputada estadual pelo PSOL de Petrolina nas eleições deste ano, Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz Angélica, deu largada à sua campanha. Nesta segunda-feira (20) ela iniciou o dia fazendo uma visita à feira do Bairro José e Maria, zona norte da cidade.

Começamos nossa segunda caminhando pela feira do José e Maria. Ouvimos muitas histórias de luta e superação e pude falar da minha também. Dividi com as pessoas as causas pelas quais luto e pelo que brigarei na Assembleia. Feliz com o carinho e receptividade das pessoas. Meu muito obrigado“, declarou Lucinha.

18 COMENTÁRIOS

  1. Domicílio eleitoral é o local em que você foi inscrito como eleitor. No caso dela, para concorrer ao cargo de deputada estadual, basta que esteja inscrita no Estado de Pernambuco, ou seja, tenha domicílio eleitoral em Pernambuco. Tenho para mim que o domicílio eleitoral dela é Petrolina.

    • É público e notório que ela mora e sempre morou em Juazeiro, cidade do coração dela. Aqui ela nunca residiu. Nem nunca vi ela declarar amor por Petrolina ou se considerar petrolinense. Ela não tem nenhum vínculo com a cidade. Não seria mais lógico ela concorrer pela Bahia?

  2. Se não me engano a candidata mora na Bahia, em Juazeiro, e quer concorrer a Deputada Estadual por Pernambuco, representando Petrolina e região. Pelo que eu saiba o domicílio eleitoral é onde você reside, ou é na cidade em que nasceu ou ama de coração, mesmo que esteja morando fora.

    • Errado, o domicílio ELEITORAL é onde você é ELEITOR, reparasse no nome ser parecido, ELEITORAL com ELEITOR??? apenas domicílio é onde vc mora, porém DOMICÍLIO ELEITORAL é onde você é ELEITOR, portanto se ela vota em Petrolina, ela tem domicílio eleitoral em Petrolina, portanto ela pode ser candidata em Petrolina, entendeu?????? ou é necessário desenhar?????

      • Segundo o parágrafo único do art. 42 do Código Eleitoral, “[…] é domicílio eleitoral o lugar de residência ou moradia do requerente, e, verificado ter o alistando mais de uma, considerar-se-á domicílio qualquer delas.”. O TSE: emitiu um acórdão (decisão) acerca do domicílio eleitoral que diz que “(…) identifica-se com a residência e o lugar onde o interessado tem vínculos políticos e sociais.”. Precisa desenhar, Sr. Felipe? E parou para pensar, Douglas?

    • Na realidade é sim.. Você tem que concorrer pelo Estado em que você tem Domicilio, mas em entrevista ela disse que a residencia dela, e toda a vida dela é em Petrolina.. O que sabemos não ser verdade. Ela está fazendo isso apenas pelo acontecido. Se a vida dela fosse na cidade Pernambucana, Juazeiro não teria uma escola com o nome da Filha dela.

      • pra um PENSADOR, acho que vc não aprendeu a pensar. O que uma coisa tem a ver com a outra?????? ela pode ter residências nas duas cidades, pra começar a história. Segundo, o nome da filha dela em uma escola de juazeiro é apenas uma homenagem, que pode ser feita em escolas de qualquer lugar do mundo, e não apenas em Juazeiro ou Petrolina.
        Depois, você não entendeu ainda que domicílio eleitoral é a cidade/estado em que você é ELEITOR. Se ela vota em Petrolina/Pernambuco, ela pode SIM se candidatar aqui.

        • Acho que você que nao ta assimilando muito bem.. Digamos que voce mora em São Paulo, toda sua vida é lá, ai infelizmente acontece uma tragédia como no caso dela, O Rio De Janeiro que iria abrir uma escola em homenagem ? Qual a logica disso?

          Ela e a familia dela são de Juazeiro.. uma rapida pesquisa na internet e você encontra isso. O marido dela trabalhava no Auxiliadora, por isso as filhas dela estudavam lá.

          Eu sei que qualquer pessoa pode ser um Eleitor ou Candidato em qualquer lugar do país, mas se a vida toda dela é e sempre foi na cidade baiana, ela tentar ser Deputada por Pernambuco é obviamente pelo que aconteceu, é onde ela vai ter mais visibilidade.

  3. Proibido não, mas falta de bom senso querer usar da morte da filha pra querer ser eleita um cargo de deputada. Isso em em prol de que? Qual ajuda a comunidade ela pretende? Não seria interesses próprios? Ainda
    Mais com esse partido de boxta.

    • Não sabemos se é isso mesmo que ela esta fazendo, agora é muito estranho sim! Se ela realmente quisesse mudança, teria procurado um outro partido (nao o PSOL que é a favor do aborto, por exemplo), sem contar o fato de ela ter mudado o Domicilio Eleitoral para Petrolina apenas pelo fato do acontecido ter sido na cidade Pernambucana. Todo mundo sabe que ela nao mora em Petrolina, e que a familia dela nao é de lá.

      Ela pode ate não está com esse intuito(de tentar carreira politica em cima da morte da filha), afinal isso é horrivel de se pensar, mas é sim o que está parecendo ser. Só que nem tudo o que parece é.

    • É óbvio que ela está aproveitando a repercussão de sua tragédia pessoal para tentar se eleger, ainda que não diga nada sobre o caso em sua campanha. Só o fato de ser “a mãe de Beatriz”, já é suficiente pra comover muita gente. Não que ela realmente não sofra, mas isso não deve ser motivo para que seja eleita.

      Eu me solidarizo com a dor dela, mas não confio nem um pouco nas intenções de um filiado ao PSOL, PCdoB, PSTU ou qualquer outro partido de Esquerda. Jamais votaria nesta senhora.

  4. pior, deveria ser em prol da população e não próprio, infelizmente esta usando o nome da filha para isso, falta de respeito com a população que se comoveu, participou de caminhadas sentiu a dor também.

  5. Querida Mirian, vc é mãe? Pq se for , está muito longe de ser alguem sensível e outra, o bem que fazemos não se deve cobrar, ou faz de bom coração ou se for para cobrar depois é melhor não fazer. Todos sabemos que o crime da Beatriz foi bárbaro e que naquele instante todos se colocaram no lugar da mãe!! Pois bem, independente do Estado ou do Partido, o que vejo é uma mãe buscando por justiça e sabiamente optou pelo método do poder, PODER sim , sabemos que no nosso país não existe justiça para quem não tem possibilidades. Ela precisa está do lado dos mais fortes para tentar desvendar o mistério da morte da filha e com isso ajudar a tantos outros crimes a serem desvendados. A senhora por acaso leu as propostas de governo dela? O mal do ser humano e principalmente os brasileiros é o de julgar e condenar sem antes ir atras da vericidade dos fatos. Não votei nela, até pq nem sabia que ela candidata. Mas estou falando como mãe e por todos os motivos que ela possa ter. A filha foi assassinada de forma cruel…vamos agora pelo fato de ela ter se candidatado achar que ela é uma oportunista ? Choramos com ela e agora a criticamos e condenamos ? E se fosse a Senhora D. Mirian e todos os outros que falaram em interesses proprio..o que fariam se estivesse no lugar dela?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome