Lucas Ramos já vê possibilidade do PSB não ter candidato a prefeito em Petrolina nas eleições 2020

7
Foto: Blog do Carlos Britto

O deputado estadual Lucas Ramos já teve seu nome cogitado como um dos possíveis pré-candidatos a prefeito de Petrolina nas eleições deste ano. As coisas, no entanto, parecem ter mudado. Atualmente ele já admite que seu partido, o PSB, pode não ter o protagonismo que gostaria nesse pleito, marcado para o dia 15 de novembro. Mesmo assim não deixará de ser uma das principais estrelas nesse enredo.

Continuo achando que o PSB deve ter um papel importante nas eleições, não construindo um caminho, mas liderando esse caminho”, afirmou Lucas, em entrevista nesta terça-feira (7) ao Programa Carlos Britto, na Rural FM.

Dentro desse cenário, o parlamentar argumenta que o poder do diálogo é crucial para manter a oposição de Petrolina fortalecida, apresentando ao eleitorado “os problemas que a gestão atual não teve competência para resolver”. Nesse sentido Lucas disse já ter conversado com outras peças desse tabuleiro, a exemplo do ex-prefeito Julio Lossio (PSD) e ainda espera fazer o mesmo com o representante do PSOL, Dr.Marcos Heridijânio.

Sobre a pré-candidatura do ex-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, pelo PT, o deputado considera importante, mas deixou uma interrogação em relação a apoios. Até porque essa questão deve passar pelo Recife (PE), onde a deputada federal Marília Arraes é respaldada pela Executiva nacional do PT para disputar a prefeitura da capital, mas o diretório municipal quer continuar aliado aos socialistas e defende o nome do primo de Marília, o também federal João Campos. “O PT continua conversando com o PSB (em relação a Petrolina) da mesma forma que o ex-prefeito Julio Lossio, no PSD, que é da base do governador, também espera o apoio, e da mesma forma que o PSB espera o apoio dessas lideranças. Isso é natural, é do processo democrático”, ponderou.

Podemos

Lucas destacou outros legendas aliadas, a exemplo do PCdoB e PMB (Partido da Mulher Brasileira), que formam a frente de oposição alinhada com o pensamento da esquerda, campo pelo qual escolheu para militar na política. Além desses há o Podemos, cujo presidente é Sargento Quirino, ex-vereador do município por três mandatos, e que tem também hoje o vereador Elismar Gonçalves – além de várias lideranças comunitárias relevantes de Petrolina. Todos aguardam um posicionamento de Lucas e, consequentemente, do PSB.

O socialista disse não haver motivos para seu partido não ter candidato próprio no município. Ele vem conversando sobre o assunto com o governador Paulo Câmara e o presidente da legenda, Sileno Guedes, mas reconheceu que o PSB precisa tomar logo uma decisão. Essa demora levou seus aliados, inclusive, a optarem por um ‘plano B’, como foi o caso de Elismar, que iria se filiar à legenda, mas de última hora embarcou no Podemos. Lucas ressaltou que seguirá, juntamente com o seu grupo político, o rumo tomado pelo PSB. No entanto admitiu que o Podemos em Petrolina poderá seguir a decisão de apoiar outra chapa ou mesmo lançar uma candidatura própria no primeiro turno.

7 COMENTÁRIOS

  1. Graças a Deus, teve bom senso. O cara passa praticamente dois mandatos sem fazer absolutamente nada pela cidade, e acha que pode vir forte como candidato. Mostre serviço primeiro, depois venha pleitear uma candidatura. Esse Odacy é outro candidato sem obras. E pra terminar de completar, ainda com o apoio de Júlio “Troço”, tenham santa paciência viu.

  2. É uma decisão acertada. No momento atual é difícil ou até impossível vencer o Prefeito. Ele tem a seu favor obras de até pavimentação feita por órgãos do Governo Federal. É muito dinheiro despejado na região cujos dividendos políticos são reais. Ao povo interessa é isso, obras grandes, não importa se legalmente atraídas ou aplicadas, mas interessa quem as trouxe, e o povo sabe muito bem quem tem o poder de trazer essas obras para o Município. Não é atoa que o Presidente e vários dos seus Ministros já visitaram o Município, isso se deve a força política do grupo político do Prefeito, logo, competir com essa força é simplesmente impossível.

  3. Isso nada mais que é que o medo de levar uma lapada bem dada no pé do quengo! Vai procurar tua turma, ‘mininin’ de recado do Desgovernador Paulo Câmara de Gás, garoto propaganda da COMPESA!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome