Lóssio assina projeto de Lei que assegura 12% de reajuste salarial para servidores municipais

por Carlos Britto // 19 de março de 2009 às 09:00

Atendendo as reivindicações do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), o Prefeito Julio Lóssio assinou na tarde de hoje (18), o projeto de Lei nº 003, de março de 2009, que reajusta em 12% os salários dos servidores públicos municipais retroativo ao mês de fevereiro e 17,5% de gratificações.

As gratificações serão parceladas da seguinte forma: 5,5% com efeito financeiro retroativo a 01 de janeiro, 2% retroativo ao mês de fevereiro e 10% a partir do mês de maio de acordo com arrecadação dos tributos municipais. Com o aumento a categoria municipal passa a receber o mesmo salário base instituído pelo Governo Federal.

A condição que a Secretaria de Gestão e Finanças conseguiu firmar junto com o Sindicato deixou o Prefeito Julio Lóssio muito satisfeito. “O acordo significa que podemos avançar cada vez mais, não só na valorização dos servidores, mas na qualificação profissional do nosso atendimento. Nosso desejo é melhorar a arrecadação para continuar honrando com todos os nossos compromissos assumidos com os fornecedores e servidores”, assegurou e chefe do executivo municipal.

Depois do reajuste salarial, as despesas com os funcionários públicos giram em torno de R$ 5milhões, o que significa um impacto na folha de pagamento para a Prefeitura, mas o Prefeito acredita em melhoria e assegura “Mesmo com a queda na receita do município e do Brasil temos a esperança que a fase do crescimento voltará”.

Fonte: Ascom PMP

  1. ATENTO disse:

    Na reforma administrativa, Julio Lost passou a remuneração de secretário de R$ 3.900,00 para R$ 6.100,00… o que equivale a mais de 60%. extinguiu alguns cargos comissionados (de R$ 700,00) para cobrir as despesas com os secretários, que continuam os mesmos 14 de antes.

  2. ATENTO disse:

    Admira-me muito que até o momento, nem Carlos Brito, nem os vereadores, ninguém tenha feito qualquer comentário sobre a reforma administrativa… pq será que todos estão calados?

  3. Opara disse:

    Se os Secretários fizerem a diferença… os 6.100,00 serão bem aplicados…

  4. Clebyson Araújo disse:

    Por acaso alguem que tenha competência para ser secretário de um municipio do porte de Petrolina, vai querer trabalhar por apenas R$ 3.900,00? entendam que isso qualquer empresa privada de porte esta pagando só na quinzena, se queremos ter secretários de qualidade administrativa teremos que pagar bem, o problema é q estamos acostumados com baixos salários e achamos q R$ 3.900,00 é muito dinheiro, pois digo, não é não!!!!

  5. Servidor da Autarquia disse:

    Apesar de não considerar ideal um ajuste de 12% , sei que é válido para o salário defasado que recebemos. Espero que aprovem sem questionamentos, porque a nossa situação é precária. A AEVSF está precisando de servidores técnico administrativos e pedimos ao Prefeito que veja a possibilidade de incluir no seu Projeto de Governo, concurso público a fim de atender às necessidades de cada setor.

  6. Lívia disse:

    Já era hora do nosso salário ser revisto! Se o próprio Prefeito lançou o Pojeto de Lei, imagino que os Vereadores não têm o que pensar. O aumento é necessário e mais do que justo. Nós, servidores, agradecemos ao Prefeito Júlio Lóssio por essa iniciativa tão cobrada aos Prefeitos anteriores.

  7. Barakubama disse:

    Gente, este aumento não é obrigatório pelo salario minimo? ou eu estou errado? se tiver me corrijam por favor.

  8. Que fique claro que o aumento dado aos secretários é da gestão anterior. Bem como os salários dos vereadores, prefeito e vice-prefeito.

  9. maninho disse:

    este aumento é obrigatório pelo salario minimo

  10. maninho disse:

    se não me engano

  11. Ivan Câmara de Andrade disse:

    Deu no dia de hoje Blog do Magno http://www.blogdomagno.com.br/ Que herança maldita? – Ao conceder aumento de 12% para os servidores retroativo a fevereiro e mais 17,54% em gratificações, o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, passou um atestado público de que não é verdadeira a versão de que teria herdado uma massa falida do ex-prefeito Odacy Amorim. Só se concede reajuste quando se tem caixa e não se corre risco de descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

  12. Gildo Santana - Petrolina-PE disse:

    Os salários acima do mínimo não podem ser vinculados a estes. Se o prefeito deu este aumento não é porque esta fazendo uma boa ação é porque os servidore municipais em sua grande maioria merecem. Em relação aos salários de secretario tem-se a relação custo-benefício. Se mostrarem serviço faz-se por merecer caso contrário… o povo sofrerá.

  13. Amanda disse:

    E este aumento será válido para os servidores da Autarquia??? Acredito que meu colega se equivocou. Não adianta sorrir… ainda estamos no prejuízo. Somos servidores do muncípio, mas não teremos direito ao “tão desejado” aumento salarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *