Líderes comunitários de Juazeiro criam comissão para cobrar melhorias na saúde pública

por Carlos Britto // 22 de maio de 2009 às 08:53

Cansados das mazelas no sistema público de saúde em Juazeiro, um grupo de líderes comunitários de alguns dos principais bairros do município baiano decidiu criar uma comissão com o intuito fazer as reivindicações junto à prefeitura para melhorar o setor.

A entidade, criada na quinta (21), já conta com o apoio de mais de 20 representantes de bairros. Integram a comissão os comunitários Pedro Militão (Bairro João XXIII); Irmão Bastos (Bairro Nova Esperança); Pedrinho Payakan (Piranga um); Hilário (Bairro Antonio Conselheiro) e Maria José da Mota (Piranga Antiga).

Já neste sábado (23), no Bairro Nova Esperança, está marcada uma reunião do grupo com o objetivo de elaborar um documento e entregá-lo ao prefeito Isaac Carvalho. Assim como em Petrolina, a saúde de Juazeiro foi municipalizada – razão argumentada pela comissão para cobrar da prefeitura as melhorias ao setor.

Líderes comunitários de Juazeiro criam comissão para cobrar melhorias na saúde pública

  1. Sidnei Manciello Ornellas disse:

    Na verdade a população nao tem mais alternativas de pressionar por uma saude digna, esta é somente mais uma das milhares de formas de tirar as vendas do poder publico.É fato que a saude desta cidade ja vem moribunda há muito tempo, notou-se um grande avanço na gestao emblematica de Joseph com Angela Carneiro e só.De la pra cá os secretários nao tem acertado.Misael destroçou a saude, Isaac com toda a sua propaganda, promessas, discursos, vem esbarrando na morosidade, na arrogancia do gestor da saude, nas enjoadas picuinhas internas e na inercia de muitos. Ou seja, a cidade mais uma vez tem que se mobilizar para fazer o gestor cumprir com sua promessa de campanha, na verdade Isaac é mais um mentiroso que se elegeu e esqueceu o que prometeu e rasgou o que escreveu.Sou apolitico e apartidario, sou Juazeiro.

  2. LIGADO disse:

    E OS VEREADORES, ONDE ESTÃO? NÃO HONRRAM OS MANDATOS?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *