Leitora se revolta contra falta de respeito de estabelecimentos noturnos na Orla de Petrolina em tempos de pandemia

3

Em contato com o Blog, uma leitora se revoltou com a falta de disciplinamento de certos estabelecimentos noturnos de lazer na Orla de Petrolina, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Para ela, parece que o problema já acabou na cidade, além do som elevado que também causa transtornos aos moradores da área.

Às 2h28 da madrugada do dia 10 de janeiro de 2021, plena pandemia de Covid-19, com número de casos em alta na cidade e UTIs Covid lotadas, bar na orla de Petrolina está com música ao vivo nas alturas e engarrafamento de carros na avenida. Aonde está a fiscalização da prefeitura, que não vê isso?! Não está acontecendo em uma zona rural distante. Além de total desrespeito com os que moram nessa região, com música alta em plena 2h30 da madrugada, incomodando o sono, falta o mínimo de responsabilidade diante de uma pandemia em que já temos mais de 200.000 mortos no país. Não era até 23h permitida música ao vivo em bares e restaurantes?”, desabafa. Haja bronca.

3 COMENTÁRIOS

  1. ai depois quem paga o pato é o comerciante que trabalha certinho e kd Miguel a fiscalização nesse restaurante q fica na orla 2 bem em frente a uma famosa pizzaria e não adianta falar q não sabia da festa pq foi divulgada mais q tudo nas redes sociais

  2. Vão procurar o que fazer, homi! Deixem os cidadãos exercerem seu direito de “ir e vir”, buscando ar livre! Preocupar-se com usuários de drogas em pleno Centro de Petrolina, não vejo ninguém reclamando aqui! Interessante que Covid só pega o trabalhador e os cidadãos de bem! Drogados que vivem na Praça Catedral não adoecem e ninguém toma providências! Por que a senhora ou outro cidadão não reclamou as “aglomerações” nas campanhas eleitorais e no dia dos bestas irem votar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 × quatro =