Leitora desabafa sobre “critérios” de empresas para contratar mulheres

por Carlos Britto // 23 de maio de 2009 às 10:15

A leitora Luysse Marry Fontes enviou um artigo ao Blog criticando os “critérios” utilizados pelas empresas da região na hora de contratar pessoas do sexo feminino. Confira:

Gostaria de fazer uma pergunta e uma crítica a agência de trabalho de Petrolina. Simplesmente não funciona, o site da seje, do governo de Pernambuco, mostra um painel de vagas em Petrolina, somente a vaga, não há requisitos, muitas pessoas vão até lá, e ao chegarem recebem a resposta “não há vagas” como assim?

E as vagas no site do governo??Quando indagadas, perguntam como sabiam das vagas, ou seja, elas nem sabem que tem esse site que informa isso. Aí vem o pior: os requisitos, que são muitos, uns tão ocultos que se descobre depois tempo de experiência; alguns cursos são exigidos e isso elas não dizem.

Mas já soube de fontes fidedignas (trabalha na agência) que os empresários querem, sim, muito boa aparência, sem filhos, solteira. Ou seja, muitas vezes a pessoa tem um bom currículo, mas por ter um filho ou ser casada não é apta para o cargo.

Acho uma injustiça com as mulheres de Petrolina, muitas trabalham e educam os filhos e são bem mais competentes que uma menina de 18 aninhos na casa de papai e mamãe que não sabe ainda o significado da palavra responsabilidade.

Já vi muitos casos e isso me irritou muito. Espero que esse post seja colocado no seu Blog. Você ajudaria muitas mulheres que não têm nenhum conhecimento quando o problema é “arranjar um emprego”.

Luysse Marry Fontes

Leitora desabafa sobre “critérios” de empresas para contratar mulheres

  1. Marciano disse:

    Quem é competente, se estabelece. E não vejo nada demais… o contratante do setor privado, tem o direito de escolher quem ele quiser para trabalhar na empresa dele. Pode ser feia, bonita, homem, mulher, solteira, casada, viúva… se a pessoa que ele contratou, for incompetente , o prejudicado vai ser ele. Simples assim…

  2. Robson Siqueira disse:

    Se vc tiver Q.I (QUEM INDIQUE) certamente será contratada, se não procure estudar para concurso, não adianta ter preparo, emprego aqui é moeda de troca entre os pseudos empresarios!!!

  3. Carlos Ribeiro disse:

    Concordo com o Marciano, o dono da empresa contrata quem ele quiser.. a empresa é dele. Agora, se a empresa for alguma estatal ou alguma que presta serviço a órgãos públicos , ai a Luysse Marry Fontes tem razão. O dono de empresa privada tem total autonomia na empresa dele, ele pode colocar até o cachorro dele como chefe de setor, que ele está totalmente no direito dele.

  4. Edinho disse:

    A empresa é minha, comecei do zero, não tive apoio de ninguém.. contrato quem eu quero. Não tenho mais nem direito a contratar quem eu achar que deva para MINHA EMPRESA????

  5. Marcelo disse:

    Os concursos estão ai, todo dia tem um. É so ter força de vontade. Agora o dono do comércio tem total direito de contratar quem ele achar melhor

  6. Opara disse:

    O empresariado brasieliro, em especial o pequeno e médio, já tão massacrado por impostos, não tem mais nem o direito de utilizar sua metodologia na hora de contratar um funcionário!!! Terá que adotar cotas??? é brincadeira a mente humana. Tudo isso é culpa do “lulismo” rsss.
    A verdade é que cada um tem que se pegar com as armas que dispõe. A beleza também é uma atributo positivo tanto quanto a inteligência. Assim como o carisma, educação etc…
    Chega de Ditadura, pois até a Ditadura da Inteligência é maléfico ao desenvolvimento do ser humano.

  7. Francisco disse:

    É por causa de alguns empresários mesquinhos, que estamos caminhando para a era das cotas: Deficiente,negros,índios etc.Se a empresa fosse competente saberia como selecionar empregados competentes sem discriminar ninguém.Quando uma empresa só contrata uma mulher se for solteira,sem filhos e bela,dá pra se pensar: é para trabalhar mesmo ou para casar? ou sei lá o que?.A obrigação de fazer justiça social é de todos nós, não só dos governos.Pouco a pouco esse governo vai ensinando a alguns maus empresários que eles não são donos do mundo.

  8. Renato disse:

    Francisco, o dono da empresa escolhe quem ele quiser.. é dele..! o cara luta para abrir uma empresa de pequeno e medio porte, paga uma fortuna de impostos e não pode escolher quem vai trabalha com ele..fala sério!!! por mim ele coloca ate o diabo pra trabalhar com ele, se a pessoa que ele contratou nao for competente, quem vai ser prejudicado é exclusivamente ele!!!

  9. miriam nascimento disse:

    concordo com a marry, petrolina é uma cidade desenvolvida,mas a cabeça dos empresários ainda precisam vencer o preconceito, concordo que a empresa é deles e eles empregam quem quiser, mas precisam ter mais ética profissional.muitas das vezes a culpa tambem é das mulheres, pois se vendem por um salário mínimo.as mesmas não se dão valor.

  10. Francisco disse:

    Renato, se der mais uma lida na opinião que emiti anteriormente,vai entender que não estou defendendo incompetência.Toda empresa pode demitir se o contratado não atende às expectativas.Currículo e referências ajudam muito nestas questões.

    Tudo de bom pra você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *