Leitor se revolta com atendimento da Coelba em Juazeiro

3

O leitor Antonio Alberto Lopes Tavares botou a boca no trombone em relação a um serviço prestado pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) em Juazeiro.

Confiram:

Estou indignado com a situação. Solicitei à COELBA a vistoria de um sistema de microgeração, e foi gerada a nota de serviço que, até o momento, não foi executada. Já fiz uma reclamação no atendimento da concessionária e não obtive resposta até o momento. Fiz uma reclamação na ANEEL, e obtive como resposta a informação de que deveria aguardar o vencimento do prazo da reclamação feita no atendimento da COELBA, que foi o dia 10, para fazer uma reclamação na ouvidoria da empresa, que teria uma prazo de 15 dias e, só então, ingressar com uma reclamação na ANEEL.

No entanto, ao tentar fazer a reclamação na ouvidoria da Coelba, no dia 11, não consegui, devido à indisponibilidade do site da referida ouvidoria, que retorna uma tela de erro. Tenho ligado insistentemente para o atendimento da Coelba, mas sempre renovam os prazos do serviço, me pedindo para aguardar 7 dias, 15 dias, mas nenhum prazo é cumprido.

Reclamei no Procon e a resposta da Coelba me deixou ainda mais perplexo e indignado. Foi a seguinte: “Prezado cliente, em atenção ao presente protocolo, notificamos o departamento responsável acerca da situação relatada para as devidas providências. Para maiores informações e tratativas, orientamos que o consumidor contate o nosso Departamento de Clientes Corporativos da Coelba, que possui o atendimento especializado para a sua unidade e se encontra à sua disposição! Identificamos, ainda, que você possui uma Reclamação de Atraso registrada em nosso sistema que possui o prazo de resposta até o dia 18 de março. Ante ao exposto, orientamos que aguarde a emissão do referido parecer. Cordialmente, equipe Coelba.”
Quer dizer que, quando abrimos uma reclamação e a Coelba não responde no prazo, ela tem o direito de estender o prazo para atendimento indefinidamente ao seu bel prazer? Aí a Coelba não responde e ela mesma determina a prorrogação do prazo para o dia 18/03/2021. E os dias que estou sem gerar energia e pagando a parcela do financiamento adicionado à fatura de consumo? A Coelba vai ressarcir esses valores? Eles estão impedindo o direito do cidadão de gerar a sua própria energia. Isso é absolutamente revoltante.
Antonio Alberto Lopes Tavares/Leitor

3 COMENTÁRIOS

  1. Caro Antonio, nos de Sobradinho também estamos passando dificuldades semelhantes para fazer o recadastramento como irritantes, a Coelba exigem tanta certidão que mesmo irritante ja ter cumprido tidas as exigências no passado, todo ano tem uma nova exigência! Na verdade a Coelba em Sobradinho presta um desserviço para nós irritantes!

  2. A Coelba não tem o menor interesse em que o consumidor gere a sua própria energia. Afinal como ela vai fazer para cobrar os absurdos que ela cobra? Por que quanto mais você economiza na energia, mais alta a conta vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

vinte + 15 =