Justiça nega visita de governadores a Lula

5
Foto: Twitter/reprodução/Guimarães13PT

A Justiça negou, nesta terça-feira (10), a visita de uma comitiva de governadores ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal desde a noite do último sábado (7). Nove governadores chegaram ao prédio da Polícia Federal por volta das 14h40 e ficaram reunidos por quase uma hora com a cúpula da Polícia Federal, mas foram proibidos de se encontrar com o ex-presidente.

Os senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lindbergh Farias (PT-RJ) e Roberto Requião (MDB-PR) também faziam parte da comitiva. “Isso reforça que estamos diante de várias violações contra o ex-presidente Lula“, disse o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), na frente da PF após o grupo ser impedido de ver o ex-presidente.

A comitiva deixou uma carta assinada por todos a Lula. Diz o texto:

Estimado presidente Lula, querido amigo, Estivemos aqui e sempre estaremos. Ao seu lado, firmes na luta Infelizmente, Infelizmente, a Lei de Execução Penal não foi cumprida adequadamente e não podemos abraçá-lo pessoalmente. Mas, por nosso intermédio, milhões de brasileiros e brasileiras estão solidários e sendo sua voz por um Brasil justo, democrático, soberano e livre.

Lula livre!

Forte e fraterno abraços.

Despacho

Em seu despacho, a juíza federal substituta Carolina Moura Lebbos disse que não havia motivo para liberar as visitas. “Não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal. Desse modo, deverá ser observado o regramento geral”, afirmou.

No dia anterior, o juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal, já havia determinado que Lula não deveria ter nenhum “privilégio quanto a visitações, aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública“.

Pela decisão de Moro, o ex-presidente poderá receber visitas apenas às quartas-feiras, com exceção dos seus advogados. (Fonte: UOL)

5 COMENTÁRIOS

  1. Creio que os Governadores deveriam estar em seus respectivos Estados trabalhando!!!! Ou seus Estados não apresentam problemas? Sude, Educação, infraestrutura, etc. Em Pernambuco por exemplo sabemos como as coisas andam! Vão trabalhar!!!!!!! Usando dinheiro publico até nisso, a conta sobra pra gente.

  2. A lei é para todos. Lula comeu crime e está preso, como qualquer outro bandido, não é um político perseguido. Gilmar Mendes falou antes da votação do HC que o Brasil seria passificado após o entedimento do STF sobre o caso LULA, e está pacificado realmente. Depois da prisão de Lula tudo se acalmou, não está havendo quebra-quebra. O problema é que a GLEISSI HOFMAN está preocupada por que logo logo vai chagar a vez dela. Aviso aos governadores que me deixe fora desses milhões que querem abraçar o Lula. SE CUIDEM, TEM GENTE DE PETROLINA NA FILA DO STF,.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome