Justiça Eleitoral anula votos de coligação e cassa dois vereadores em Remanso

por Carlos Britto // 24 de agosto de 2021 às 14:30

Maiara Ribeiro/Alair Rodrigues/ Cristiano Jose

Em Remanso, no norte da Bahia, a Justiça Eleitoral cassou os mandatos dos vereadores Alair Rodrigues Paes Landim e Cristiano Jose Moura Marques, os suplentes e todos os candidatos da chapa do Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições de 2020, por fraude eleitoral.

Na decisão, proferida pelo juiz eleitoral João Paulo da Silva Bezerra, nessa segunda-feira (23), Alair Rodrigues e Maiara Ribeiro da Silva ficarão inelegíveis por oito anos, por se “beneficiarem de medida fraudulenta”. O pedido julgado procedente é de autoria do ex-candidato a vereador pelo Podemos, Edison de Souza (Sapinho).

A Justiça ainda fará os cálculos para definir quem serão os novos vereadores empossados. A decisão ainda cabe recurso. Confira a decisão no link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *