Justiça derruba ação de chapas derrotadas em eleição para o Sindsemp e mantém atual diretoria

0

edson_640x360A atual diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) conseguiu na justiça o direito de permanecer no cargo.

O juiz da Vara da Fazenda Pública, Josilton Reis, considerou improcedente, na última sexta-feira (17), a alegação das duas chapas adversárias, formadas respectivamente por Maria de Fátima da Silva e Luiz Augusto Carvalho de Santana, sobre supostas irregularidades na eleição do dia 25 de maio do ano passado, a qual reconduziu ao cargo a presidente Léia Araújo.

Na justificativa, os dois denunciaram que a comissão eleitoral teria favorecido a chapa vencedora no pleito. “O processo ocorreu de forma transparente. Tanto é que o magistrado constatou em todas as páginas do documento apresentado que tudo foi feito de forma lícita e julgou (a ação) improcedente”, comemora o diretor de Política Sindical do Sindsemp, Edson dos Santos (foto).

“Fomos eleitos com todos os méritos legais e estamos aqui para responder às questões do Sindicato”, desabafou Edson, sobre a vitória. Atualmente a entidade é formada por dez diretores, incluindo a presidente. A decisão do juiz Josilton Reis deverá ainda ser publicada no Diário Oficial. O processo, no entanto, está na página eletrônica do Judiciário de Pernambuco (www.tjpe.jus.br) e tem o nº 0002752-48.2013.8.17.1130.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome