Justiça condena a 26 anos e três meses de prisão homem acusado de matar ex-companheira em Petrolina

2
Crédito: Wanderley Alves

A justiça acaba de condenar em Petrolina o ex-policial militar Vanduir Ferreira de Lima. Ele é acusado de assassinar Patrícia Maria de Souza, de 31 anos, sua ex-companheira. O crime aconteceu no dia 29 de maio deste ano na Rua Tchecoslováquia, Bairro Areia Branca, zona leste da cidade, e chocou a população.

Levado a júri popular nesta sexta-feira (4) no Fórum Dr.Souza Filho, Centro da cidade, Vanduir recebeu como sentença 26 anos e três meses de reclusão, além de indenização de 100 salários mínimos. Mais detalhes pelas próximas horas.

2 COMENTÁRIOS

  1. A verdade que a gente não conhece ninguém. Cautela nunca será demais. Conheço Vanduir há dez anos, ele é um pintor de mão cheia. Conheci Patrícia e as duas filhas deles. Ele sempre aparentou ser uma pessoa paciente, estável e dedicada a família. Existe até um processo de reinclusão a Polícia Militar movido por ele que estava bem adiantado. Se não me engano, uma oficial da Polícia Militar era a advogada dele nesse processo ou o auxiliava de alguma forma. E uma pessoa com três homicídios nas costas ainda voltaria a ser policial. Vai entender, né?!
    Devemos sempre ter o pé atrás, sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome