Juazeiro: Sob forte comoção, familiares e amigos dão último adeus à professora Kelly

2
Familiares e amigos acompanharam o velório da professora. (Foto: Reprodução TV São Francisco)

O velório e sepultamento da professora Kelly Cristine Souza Gomes, ontem (9), foi marcado pela tristeza e comoção de familiares e amigos, que compareceram ao SAF e em seguida acompanharam o sepultamento no cemitério do Centro de Juazeiro. A professora morreu no último domingo (8), após ser atropelada por um cavalo durante o encerramento da 65ª Festa dos Vaqueiros de Curaçá, no norte do Estado.

Kelly Cristine trabalhou por muitos anos na Escola Dinorah Albernaz, no Bairro Itaberaba. Atualmente ela era coordenadora pedagógica da Escola Santo Antônio, localizada no NH3, no distrito de Itamotinga, zona rural de Juazeiro.

Por meio de nota, a Prefeitura de Curaçá lamentou a morte da professora, se solidarizou com a família da vítima e destacou “todos os esforços do governo municipal em sinalizar a cidade, distribuindo de forma organizada vias destinadas a pedestres e passagem de quem está com animal, além de campanhas para conscientizar as pessoas sobre os cuidados que devem ser tomados durante os dias da festa, uma vez que há muitos cavalos na cidade, e infelizmente não é possível conter os excessos”.

A este Blog, a Prefeitura prometeu reforçar as medidas de segurança para a edição da festa em 2019. Segundo a assessoria, até hoje nenhum acidente dessa natureza havia acontecido no evento.

2 COMENTÁRIOS

  1. Senhores, só tenho a dizer que já aconteceu com o irmão da vítima ter quebrado o braço.Onde As suas irmãs, afirmaram que não participariam mais dessa festa.Pois eu e quem de consciência são. Não participará desse evento que nos trás tanto pavor.O fato é a mística profano e religioso.Nada contra a cultura,mas sim como é organizada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome