Religiosas de entidade internacional estão em Juazeiro para acompanhar trabalho da Pastoral da Mulher

0

Visita irmãsA Pastoral da Mulher em Juazeiro está recebendo a visita de três irmãs do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor. A entidade engloba quatro países, sendo três sul-americanos (Brasil, Argentina, Uruguai) e um africano (Angola). O instituto trabalha com mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Estão na região até amanhã (2) as irmãs Analita Albani, que é coordenadora geral do instituto; Mirta Sanchez (da Argentina); e Olga Colipe (do Uruguai). O objetivo da visita é apresentar às religiosas a realidade das mulheres em situação de prostituição na região, bem como compartilhar as experiências vivenciadas pelas religiosas em seus países de origem.

Desde que foram convidadas por Dom José Rodrigues, ex-bispo de Juazeiro, para realizarem um trabalho local com as mulheres e coordenar a Pastoral da Mulher, as Irmãs Oblatas passaram a manter uma relação estreita com o município, contribuindo para o desenvolvimento social das famílias e das mulheres que estão envolvidas no contexto da prostituição.

Após a visita em Juazeiro, as irmãs seguem para Salvador, onde visitarão a Unidade Força Feminina, localizada no Centro Histórico do Pelourinho, também vinculada à Rede de Pastoral Oblata. (Com informações da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome