Integrantes da Comissão de Finanças da Casa Plínio Amorim destacam número recorde de emendas ao Orçamento 2021 de Petrolina

3
Foto: Jean Brito/CMP divulgação

Os integrantes da Comissão de Finanças da Casa Plínio Amorim destacaram na sessão plenária desta terça-feira (15) o trabalho intenso em relação ao orçamento do município de Petrolina para o exercício 2021. Ao todo foram 309 emendas modificativas ao projeto de lei enviado pelo prefeito Miguel Coelho (MDB) à Casa.

Presidente da comissão, o vereador Ronaldo Silva (DEM) elogiou a atuação dos seus dois colegas, Alvorlande Cruz (Republicanos) e Osinaldo Souza (MDB) – respectivamente relator e secretário. Ele citou que as 309 emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) contemplaram diversas áreas, a exemplo de saúde, educação, lazer, infraestrutura, saneamento, esporte e lazer (entre outras).

Ele aproveitou também para parabenizar os demais pares da Casa, que deram sua colaboração à LOA 2021. “Mais uma vez esta Casa mostra que todos os vereadores trabalham e se preocupam com a população de Petrolina. Essas pessoas que dizem que vereador não trabalha, aqui está o orçamento”, afirmou, acrescentando que Petrolina bate novamente o recorde em emendas apresentadas.

O orçamento para o ano que está estimando de R$ 950.053.000. Para Ronaldo, a boa surpresa ficou com um pequeno aumento entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões, quando a expectativa era de que esse bolo fosse diminuído de R$ 50 milhões a R$ 80 milhões. “Nenhuma emenda foi prejudicada nesse orçamento”, completou.

Osinaldo lembrou que o prazo para apresentação das emendas, até 9 de dezembro, em virtude da pandemia de Covid-19. Já Alvorlande também parabenizou o presidente da Casa, vereador Osório Siqueira (MDB), e em especial à sua assessoria administrativa, que se debruçou por dois meses sobre o projeto, desde quando este deu entrada na Câmara Municipal. Ele também destacou que a LOA é fruto de um bom planejamento e estimativa de custos que dão condições para o prefeito fazer seu trabalho durante a gestão, através do Plano Plurianual (PPA)- também aprovado pelos vereadores.

Remanejamento

Alvorlande mencionou duas áreas essenciais, educação e saúde, que tiveram um aumento orçamentário em relação ao ano passado. A educação teve aprovados R$ 306 milhões, passando agora para R$ 326 milhões; já a saúde saltou de R$ 150 milhões para 168 milhões. Miguel Coelho também continuará com os mesmos 40% de remanejamento orçamentário (que pode fazer sem pedir autorização à Casa), já que os vereadores também mantiveram esse percentual.

3 COMENTÁRIOS

  1. A sociedade de Petrolina gostou tanto da contribuição dos mesmos que 2 não conseguiram entrar e o outro escapou por pouco,se os candidatos a perfeitos tivessem tirado votos tinha dançado também.

  2. Para mim, vereador e gato de hotel, são a mesma coisa. Não fazem nada. Os gatos passam o dia dormindo, os vereadores, cuidando de seus interesses, principalmente loteando os cargos da prefeitura, dividindo o bolo em troca do silencio. Esse orçamento não passa de um bolo enfeitado. O que importa mesmo é a execução orçamentária que, na maioria das vezes, não é posta em prática. É coisa para inglês ver e eleitor bruto pensar que agora vai. No mais, satisfeito com a saída dos vereadores Osinaldo Metidão e o tal do Alvorlande Traíra. Quanto ao distribuidor de título, um dia o povo cego, sonolento e sem-vergonha acordará e cuidará em bater as tuas contas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome