Homem confessou assassinato de Beatriz “para aliviar coração” da mãe, diz advogada

por Carlos Britto // 16 de janeiro de 2022 às 14:00

Foto: reprodução TV Globo

A advogada que representa o suspeito de ter matado a facadas a menina Beatriz Angélica num tradicional colégio particular em Petrolina, em dezembro de 2015, afirmou que ele se arrepende do crime. Segundo a Polícia Civil (PC), Marcelo da Silva confessou ter matado a menina depois que a Polícia Científica confirmou que o DNA dele era o mesmo que estava na faca deixada no tórax da criança.

Em entrevista exclusiva à Globo Nordeste, neste sábado (15), a defensora Niedja Mônica da Silva afirmou que o cliente chora ao falar do caso e que quer pagar pelo que fez.

“Ele disse que quer ver a mãe [da menina] para pedir perdão. Porque ele disse que foi de uma monstruosidade muito grande e quer pagar pelo que fez. Depois que ele viu o drama da mãe, ele disse que quis contar para aliviar o coração dela, para ficar em paz. Ele usa essa expressão: ‘eu quis aliviar o coração dela para ela ficar em paz. Que realmente o culpado sou eu’“, disse a advogada. (Fonte: G1/PE)

Homem confessou assassinato de Beatriz “para aliviar coração” da mãe, diz advogada

  1. fabricia granja disse:

    Quem acredita nisto??!! Está na cara que o governador arranjou um culpado para o crime para dar um abafa no crime, já que é um ano eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.