HDM está sem água há três dias; mãe de paciente diz que filha só mata sede quando ela leva de casa

0
Foto: Divulgação

A mãe de uma paciente internada há oito dias no Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, no Centro de Petrolina, afirma ter que levar água para a filha há três dias porque na unidade os bebedouros estão quebrados. Ela denuncia que os pacientes só conseguem beber água se amigos ou familiares levarem.

Enquanto ela estava na UTI (unidade de tratamento intensivo) tinha água, mas quando passou para o alto risco não tinha mais. Ela já foi até na sala verde com as outras (pacientes) pegar água, mas passaram a noite toda com sede, só beberam quando eu levei. Todos os pacientes não estão tendo água, só bebem quando a gente leva”, disse.

O Blog entrou em contato com o HDM que, por meio de nota, respondeu o seguinte:

O Hospital Dom Malan informa que com a grande demanda do hospital e as altas temperaturas (em alguns momentos de pico) os filtros dos bebedouros não estão dando conta da filtragem da água e por isso eles param.

Esses filtros são substituídos quase que semanalmente e no último mês, por exemplo, foram comprados e trocados mais de 70 na unidade materno-infantil como um todo.

Sobre o bebedouro específico do Pronto Socorro Infantil (PSI), a direção ressalta que apenas as torneiras estão quebradas (por mau uso) e que as mesmas têm sido substituídas periodicamente. Já aconteceu, inclusive, da manutenção trocar essas torneiras duas vezes por semana.

Em tempo, a direção informa que a compra de 16 novos bebedouros está no plano de investimento do hospital e já foi solicitada à Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco. No momento aguarda autorização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome