Habilitação fica mais cara e complicada também em Petrolina

por Carlos Britto // 26 de dezembro de 2008 às 15:20

As novas regras para retirar a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que entram em vigor a partir do dia 1º de janeiro, têm levado um número alto de candidatos ao Dtran de Petrolina. A demanda aumentou em até 70%. Os candidatos tentam fugir do aumento da carga horária dos cursos e do custo financeiro, estimado em aproximadamente 40%.

As mudanças para retirar a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é mais uma tentativa do governo federal de qualificar a formação dos novos motoristas e, conseqüentemente, diminuir o número de acidentes de trânsito no País. Por determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o curso teórico, atualmente com 30 horas/aula, passará a ter carga horária de 45 horas/aula. Já o curso de direção veicular (prático), hoje com carga horária de 15 horas/aula, será composto de 20 horas/aula.

“Um curso que hoje custa entre R$ 500 e R$ 550 subirá para R$ 700 ou R$ 750”.

Habilitação fica mais cara e complicada também em Petrolina

  1. Edvanice disse:

    É um absurdo, só encontram solução para diminuir os acidentes “botando” a mão no bolso do povo, é mas dizem eles que o brasileiro está ganhando muito bem.Mas será que são todos ou só os que recebem o bolsa esmola, ou descupa, bolsa família…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.