“Gritos” do São Francisco: Curta-documentário mostra cenário preocupante do Velho Chico

10

rio são francisco pouca águaLançado ontem (4) na internet pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), em Juazeiro (BA), “Gritos” é um curta-documentário que pretende incomodar olhares e despertar opiniões das pessoas acerca do cenário atual da Bacia do São Francisco e a perspectiva para um futuro próximo.

As imagens, reforçadas por uma envolvente trilha sonora, mostram os sérios problemas pelos quais passa o Rio São Francisco.

Os municípios de Barra, Xique-Xique, Sento Sé, Pilão Arcado, Remanso, Sobradinho, Juazeiro (todos no norte baiano), além de Petrolina (em Pernambuco), que fazem parte do médio e submédio São Francisco, são o eixo principal do curta, destacando as ações predatórias do homem que contribuem para a degradação do Velho Chico, que ontem completou 514 anos ontem.

As marcas de trechos secos do Lago de Sobradinho aparecem como um ‘choque de realidade’, despertando o espectador para a possibilidade real de uma morte anunciada do São Francisco. Assista ao vídeo acessando aqui. (foto/reprodução)

10 COMENTÁRIOS

  1. Basta os políticos quererem, a revitalização pode acontecer, mas é só corrupção nesse país, monte de ladrão destruindo tudo q há no Brasil, e povo alienado a uma proposta de governo frustrada, voltada apenas para enriquecimento ilícito. Indignação…

  2. Bastaria que tivéssemos mais cuidado e respeito para com a natureza e as pessoas, pois com o desmazelo com que convivemos, dificilmente avançaremos no projeto de revitalização do São Francisco. Uma pena, pois o rio que outrora nos trouxe alimentos e água abundantes, em curto espaço de tempo pode nos trazer dor de cabeça e escassez da mais velada. E já que as ditas “autoridades brasileiras”, estufam o peito ao dizerem “o rio da Unidade Nacional, e elaboram peças de retórica para os seus infames discursos, nada fazem mesmo. Já é hora da sociedade cobrar mais severamente, pois é o Poder Público nos três entes federativos, o responsável sim, pela situação deste e de outros rios brasileiros. Afinal, pra que existem leis, parlamentos, governos, Estado? Assistirem a antropização da natureza e a sua invasão sem que regras e sem contrapartidas? Talvez, quando um dia, a vergonha e a moral contaminarem as ditas autoridades eletivas levarem a sério esta nação e o povo entender que voto não se vende, não se compra, mas é uma voz da consciência, pois precisamos ter autonomia na hora de cobrarmos ações públicas que beneficiem ao conjunto da sociedade. Revitalizar o rio São Francisco é uma urgência, urgentíssima. Para que cidades como a minha, Ilha das Flores-Sergipe, no Baixo São Francisco, não venham a sofrer ainda mais, a exemplo de Brejo Grande, Neópolis, Penedo e Piaçabuçu, etc.

  3. Infelizmente essa situação é uma resposta da natureza a ignorância do homem tanto no nosso velho Chico como em outros rios brasileiros onde durante muitos anos desmataram,fizeram queimadas e exploraram minérios agora está aí o resultado de tudo isso,e mais a amazônia e o pantanal está no mesmo caminho.

  4. NOS ANOS 70 OS CIETISTAS DA CHINA PREVIAM FALTA DE AGUA ENTAO INTERLIGARAM AS BACIAS, INTENDERAM POLITICOS CRETINOS E NAO ME VENHAM AMBIENTALISTAS ME FALAR QUE VAI MORER UMA ESPECIE DE PEIXE POIS ESTOU FALANDO DA ESSPECIE REDOMINANTE O HOMEM! ” POVAO VAMOS PARAR DE ASISTIR NOVELAS E SE CONCIENTIZAR POIS A ATUAL CONJUNTURA POLITICA E COMPOSTA DE POLITICOS CORRUPTOS DO PT,PSDB E PMDB

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome