Governo instala gabinete de crise para apurar derrubada de torres de energia

por Carlos Britto // 10 de janeiro de 2023 às 17:21

Foto: reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta terça-feira (10) que três torres de energia caíram nos Estados do Paraná e Rondônia. Além destas, outras três foram danificadas.

Segundo a empresa, a possibilidade de sabotagem em ambos os incidentes não foi descartada. A queda das torres aconteceu ainda no domingo (08), dia em que bolsonaristas terroristas invadiram a capital federal e destruíram os prédios do Palácio do Planalto, Supremo Tribunal Federal e Congresso Nacional.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o fato das torres terem caído não afetou o abastecimento nos Estados até a manhã desta terça-feira.

Já o Ministério de Minas e Energia, comandado pelo ministro Alexandre Silveira, montou um gabinete de crise para apurar as causas e os possíveis responsáveis pelos danos.

Há indícios de vandalismo. Não foram identificadas condições climáticas adversas que possam ter causado queda de torres“. De acordo com o relatório da ONS, uma das torres do sistema Foz do Iguaçu (PR) – Ibiúna (SP) caiu e outras três foram danificadas.

Rondônia

Já em Rondônia, os cabos de duas torres foram rompidos e as torres, derrubadas. O ONS também solicitou que as empresas suspendam o fornecimento de energia elétrica a acampamentos descritos como “clandestinos de manifestantes” e que identifiquem os indivíduos que estão nos locais para que as autoridades locais se responsabilizem. (fonte: JC/Blog de Jamildo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.