Governo de Pernambuco deixa “insegurança jurídica” de lado e anuncia quase R$ 40 milhões para concluir bacia do Dom Avelar

7
Foto: Blog do Carlos Britto

No embate travado com a Prefeitura de Petrolina por conta da concessão dos serviços de água e esgoto, o governador Paulo Câmara (PSB) deixou de lado a “insegurança jurídica” alegada pelo Estado e deverá investir na conclusão da bacia do Dom Avelar, na zona norte. Ontem (21), por ocasião do 4º Seminário ‘Todos por Pernambuco’, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) anunciou um montante de quase R$ 40 milhões na obra.

De acordo com o gestor da Unidade de Negócios da empresa em Petrolina, João Raphael (foto), o edital já foi lançado e a Compesa aguardará, agora, o processo licitatório. Assim que essa etapa for consolidada, os serviços começarão.

Acreditamos que ainda neste ano conseguiremos destravar”, frisou. João Raphael explicou que a decisão foi motivada pela intenção do governador em continuar investindo no município. “A gente entende as necessidades de Petrolina, e por isso vamos continuar os investimentos porque o povo não pode pagar por uma briga política”, analisou o gestor da Unidade de Negócios.

Perguntado sobre a licitação anunciada pelo prefeito Miguel Coelho sobre uma nova concessionária para gerir o setor no município, João Raphael evitou polemizar. Disse apenas que, a partir do momento em que o edital for lançado, a Companhia irá reivindicar seus direitos e fazer os questionamentos necessários. “É um passo de cada vez”, finalizou.

7 COMENTÁRIOS

  1. Fica evidente que a compesa maltrata o petrolinense por questões políticas. VERGONHA. Ainda tem Lucas Ramos apoiando essa compesa, pra ter mimos do governador. Pura traição.

  2. Quer dizer então que a insegurança jurídica que existia até a visita do governador a Petrolina acabou com quando da sua visita. Ahh. Então tá claro que esse insegurança era pura politicagem do governo do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome