Geraldo da Acerola volta a dizer que, por ele, dispensaria apoio de Gonzaga a Odacy

1

geraldo acerola

O vereador do PT, Geraldo da Acerola, manteve o posicionamento que sustentou ao Blog, acerca de um possível apoio do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) à pré-candidatura a prefeito do petista Odacy Amorim. Como já é público e notório, o socialista deixou claro que não respaldará o nome do presidente da Comissão Provisória do PSB, Miguel Coelho, para a disputa majoritária deste ano.

Ontem (21), na Casa Plínio Amorim, Geraldo da Acerola voltou a dizer à imprensa que essa é uma opinião sua, mesmo reconhecendo que Odacy tem o direito de procurar as alianças que lhe convier. O vereador argumentou que não tem como apoiar “os partidos golpistas”, que conspiraram contra o povo ao aprovarem o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Geraldo fez questão em ressaltar que esse posicionamento é pessoal e, portanto, não refletirá o pensamento do PT. Mas, por ele, Gonzaga não viria para o palanque de Odacy. E ponto final.

1 COMENTÁRIO

  1. É. Até por uma questão de coerência, como é que xinga, achincalha, vota contra um partido e depois por uma questão até pessoal como é o caso de Gonzaga, vai dar apoio a esse mesmo partido? Onde está a coerência?
    Se votou pelo impeachment é porque deve alguma coisa, vejam que todos os que votaram contra, estão todos com o rabo nas mãos da lava-jato, se não está é só uma questão de tempo. Votaram com o pensamento de parar a Justiça, parar a Polícia Federal como estavam acostumados a fazer na hora em que a Justiça começava a agir, barravam, obstruíam, faziam o escambau para não serem pegos. Agora é diferente, o impeachment foi um tiro que deram que saiu pela culatra espalhando pólvora viva para todo lado e está estourando em todo mundo. Assim deve ser feito, doa em quem doer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome