Geração de mídias das urnas eletrônicas para Eleições 2022 em PE começa dia 17/09

por Carlos Britto // 11 de setembro de 2022 às 13:25

foto: TRE-PE/reprodução

A poucos dias do primeiro turno das Eleições 2022, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) entra na reta final do processo de preparação do sistema eletrônico de votação. Depois da assinatura digital e lacração dos sistemas eleitorais, realizada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, e outras autoridades, o próximo passo é a geração de mídias. Em Pernambuco, esta etapa do processo se inicia no próximo sábado (17), cinco dias após a conclusão do julgamento de todas as candidaturas apresentadas ao TRE-PE.

O calendário eleitoral prevê o envio das cópias dos programas lacrados aos tribunais regionais, que possam ser inseridos nas urnas eletrônicas, juntamente com os dados de eleitoras e eleitores e de candidatas e candidatos. A solenidade na qual acontece a Geração de Mídias é um evento público, que representa mais uma oportunidade de fiscalização dos sistema eleitoral por parte da sociedade brasileira.

A partir de 26 de setembro, faltando uma semana para votação, as urnas começam a ser preparadas, sendo inseminadas com as mídias de cada seção eleitoral, testadas, embaladas e transportadas para galpões do TRE de Pernambuco. “É um processo industrial, que envolve quase 700 pessoas, em 18 polos descentralizados em todo o Estado de Pernambuco”. As urnas ficam guardadas pela PM até seguirem para os locais de votação, e depois, voltam para os galpões onde permanecem sob vigilância da polícia, até o trânsito em julgado dos processos e diplomação dos eleitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.