Garota-prodígio do futebol petrolinense recebeu convite até do Santos, mas prefere ficar

6

jessicaDurante a segunda edição dos Jogos Indígenas de Pernambuco, que aconteceu na cidade Petrolândia, no sertão de Itaparica, uma garota chamou a atenção por conta do seu talento com a bola nos pés.

Jéssica, de 18 anos, integra a etnia Entre Serras e defendeu as cores do Petrolina durante a competição.

A garota tem o talento reconhecido nacionalmente, a ponto de já ter recebido convite para jogar no Santos. Só não aceitou porque teria de assinar contrato de cinco anos.

Não queria passar tanto tempo lá, pois estou estudando para fazer vestibular. Quero estudar Direito”, disse.

No Petrolina, ela diz que recebe uma ajuda de custo de aproximadamente um salário mínimo. Duas vezes por mês, vai à Floresta, também no Sertão de Itaparica, onde vive seus pais indígenas, para das festas e rituais de sua tribo. “Não quero sair daqui, pois também ajudo minha mãe a criar meus irmãos”, enfatiza.

Em 2012 Jéssica foi campeã pernambucana vestindo a camisa do Petrolina e, no início deste ano, disputou a Taça Brasil Correios Sub-20, ficando em terceiro lugar também pela Fera Sertaneja. (Com a colaboração de Luiz Villas Boas/para o Blog)

6 COMENTÁRIOS

  1. O futebol é uma arte a todos que o praticam. Parabéns Jéssica, por ser possuidora desse talento. Mas parabéns mesmo por sua decisão em priorizar o ESTUDO.

  2. Ta faltando uma melhor orientação para esta garota, pois ela assinando com o Santos, ela poderia muito bem jogar e estudar, tendo em vista que o futebol feminino tem poucos campeonatos e ela poderia estudar muito bem, pois o estado de São Paulo é um grande centro e através do futebol ela poderia conseguir uma garantia financeira melhor, pois tenho certeza que o clube alem do salario ira oferecer moradia para ela e sua familia… A termino do contrato voce ja estaria formada ai sim decidiria se continuaria ou não no futebol. Repense garota pois oportunidades como esta surgem somente uma unica vez na vida de uma pessoa, pois do que adianta voce pensar somente em seus estudos e depois qual a oportunidade que voce tera profissionalmente aqui em Petrolina? Voce é novinha mais ja deve saber que em Petrolina so crescem os “FORASTEIROS” pois os filhos da terra não tem oportunidade depois que de formado.

    • Concordo com você. fui jogador num tempo onde o valor de um jogador era nada e, pelo jeito não mudou muito, então garota se de fato isto ocorreu, vá sem pensar, ficar por aqui alimentando um sonho de ser advogado, diga-se de passagem, estão por aí batendo cabeça, é uma tremenda furada…Ou melhor, uma grande burrice.

  3. Parabéns Jéssica, fico feliz em saber dos frutos de Entre Serras, mas acho que deveria sim investir no Santos, as duas coisas podem acontecer ao mesmo tempo, com certeza você conseguiria estudar e jogar. Vai menina, se manda que o futuro te espera!

  4. ÔÔÔ… Mas que menina ” lelé “, já com 19 anos, prefere ficar neste sertão sofrido. Se realmente quizesse ser uma jogadora de ponta tem que ” vazar ” daqui, com família e tudo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome