Foragido da justiça morre em confronto com equipe da Cipe-Caatinga em Juazeiro

1
Policiais da Cipe-Caatinga, antiga CPAC. (Foto: Reprodução)

Um criminoso foragido da justiça morreu durante um confronto com uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Especializado na Caatinga (Cipe-Caatinga), próximo ao distrito de Juremal, zona rural de Juazeiro (BA), ontem (23).

Edvânio da Silva Santos, conhecido popularmente como “Negro Edir”, de 26 anos, estava escondido numa fazenda e recebeu a equipe da Cipe com disparos de arma de fogo. Os policiais revidaram e o atingiram. Ele foi encaminhado a uma unidade de saúde do distrito de Pilar, já no município de Jaguarari, no norte da Bahia, sua cidade-natal, mas veio a óbito.

De acordo com a Cipe-Caatinga, Negro Edir estava com um revólver calibre 38, com seis cartuchos, sendo três deflagrados, dois pinados e um intacto. Ele estava foragido e era investigado por roubo de animais na região. também era suspeito de possuir plantio de maconha. O corpo dele foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. Já a arma foi entregue na delegacia. (foto/reprodução)

1 COMENTÁRIO

  1. esse negocio de troca de tiro que eu não entendo, a polícia vai com arma de verdade e o bandido vai com bala de festim??
    é mesmo que está vendo o suspeito se entrega e a polícia mata e diz que foi troca de tiro!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

5 × três =