Fiscalização da Prefeitura de Juazeiro recolhe barracas irregulares da ‘Prainha’

por Carlos Britto // 27 de janeiro de 2022 às 19:38

Foto: Ascom PMJ/Semaurb divulgação

A equipe operacional e os fiscais de postura da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) realizaram em Juazeiro (BA), nesta semana, uma atividade de desobstrução da faixa de areia da Orla II, conhecida como ‘prainha’. Foram recolhidas estruturas de madeira e barracas irregulares, além de outros materiais. A ação pretende dar mais acesso aos pedestres e banhistas e melhorar o aspecto paisagístico do local.

Segundo a pasta, houve um acordo com os permissionários, no ano passado, os quais foram orientados que após a inauguração dos quiosques da Orla II, eles só poderiam comercializar alimentos e bebidas nesse local apropriado, devendo desocupar a faixa de areia e retirar barracas, caixas de cerveja, churrasqueiras e outros materiais que atrapalhassem a livre circulação dos pedestres e banhistas. Na época, foi dado um prazo para os permissionários se adequarem. Nesta semana a fiscalização operacional e de postura realizou a desocupação.

“Apenas dois ambulantes resistiram e se recusaram a retirar o material irregular, apesar de saberem que não podiam continuar. O material deles foi recolhido e trazido para a Semaurb, onde só será retirado após eles pagarem multa por descumprimento”, enfatizou o superintendente de Ordenamento Urbano, Ubirajara Bastos.

Depois da desobstrução da faixa de areia, equipes da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) e do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) realizaram a limpeza da área. “Não será mais permitido nenhum barraco fixo na areia e qualquer tipo de ocupação do uso do solo. Tanto na Prainha da Orla II quanto em outro espaço público do município é preciso procurar a Semaurb para ver a viabilidade e a autorização. Pedimos ainda à comunidade para colaborar, tanto no que se refere à parte de ordenamento urbano, quanto do lado do meio ambiente para zelar do espaço da Orla, que é uma área de lazer que proporciona benefícios para todos“, concluiu Bastos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.