No final de semana dedicado às mães, filmes serão exibidos de graça este fim de semana em Salgueiro (PE)

0

Cinema na ruaO Dia das Mães em Salgueiro (PE), no Sertão Central, será comemorado com pipoca e cinema ao ar livre. É que neste fim de semana (10, 11 e 12), os filhos poderão levar suas amadas genitoras para assistir a filmes no pátio da Praça da Bomba, onde curtas e longas-metragens serão exibidos sempre a partir das 18h30.

A iniciativa faz parte do projeto Cine Sesi, que está completando 10 anos e tem como objetivo expandir a Sétima Arte às cidades do interior que não possuem salas de cinema em funcionamento. Esta edição em Pernambuco segue até o fim de maio e contemplará, ao todo, 16 municípios do estado.

Em cada um dos três dias de exibição serão apresentados um curta e um longa-metragem. Os curtas são “Tyger” (SP), “O céu no andar de baixo” (MG) e “Pajerama” (SP); e os longas, “O Homem do Futuro” (SP), “Eu e meu guarda-chuva” (SP) e “Enrolados” (EUA). Outras informações sobre a programação estão disponíveis no site do Sesi.

O projeto

Desde 2002, quando foi criado, até hoje, o Cine Sesi já passou por 603 cidades do interior – algumas dessas cidades mais de uma vez – de 11 estados do país, atingindo mais de quatro milhões de pessoas.

Os filmes são exibidos ao ar livre em área cedida ao Sesi, em acordo com a prefeitura local. Como cinema combina com pipoca, o público não poderia ficar sem a tradicional pipoquinha, que será distribuída de graça.

Os curtas e longas-metragens são apresentados em altíssima definição digital. O som possui três vias de dois mil watts e projetor Hi-Light Xenon de dois mil watts, além de cinemascope, o que permite boa visualização e audição a uma distância de até 25 metros. Tudo isso garante o elevado padrão de qualidade técnica e de conteúdo das projeções.

Critérios

A escolha dos longas é pautada pelas seguintes exigências: filmes com bom padrão de qualidade técnica e de conteúdo, tendo a sexta-feira como espaço para a comédia, o sábado voltado para a reflexão e o domingo para o encontro da família, além de filmes que ainda não foram exibidos em canais de TV abertos; filmes que fazem parte da produção de cinema nacional prioritariamente ou que valorizem profissionais brasileiros e aqueles que caibam na indicação de todas as idades, levando em consideração o fato das exibições serem ao ar livre. (Fonte: Ascom Sesi)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome