Festa perfeita: Jackeline Maia revela os segredos do sucesso de seus eventos

0

O mercado de festas se reinventa a cada dia e, seguindo essa tendência, uma empresária que atua no Vale do São Francisco há mais de 10 anos aposta no profissionalismo e qualidade dos seus eventos – principalmente formaturas e casamentos. Jackeline Maia é conhecida por promover festas que ficam guardadas na memória de seus clientes e continua na busca incessantemente de realizar sonhos.

Ela foi a convidada do Talk Show do Blog de ontem (16) e revelou muitas curiosidades sobre a sua carreira. Nascida em Filadélfia, no norte da Bahia, e criada na cidade de Senhor do Bonfim, ela contou que desde criança sempre foi “metida a fazer festa”. Formada em História pela Universidade de Pernambuco (UPE), Jackeline disse que começou sua carreira como empresária em Bonfim e que foi descoberta por Petrolina.

Sempre rodeada de bons profissionais, ela disse que emprega indiretamente cerca de 300 pessoas e que trabalha “por um propósito, não pelo dinheiro”. Para Jackeline, o que não pode faltar nos eventos que produz é segurança e muita comida. “Comida boa, em quantidade e qualidade”, resumiu.

Questionada sobre a segurança dos eventos e certas regras impostas pelas autoridades, a empresária revelou que adora burocracia. “Eu adoro burocracia. Adoro como tudo tem que ser. Eu faço como tem que ser feito”, afirmou, se referindo ao modo que cumpre com as exigências feitas aos clientes, como nome dos convidados, CPF e RG (Identidade), além do cumprimento de licenças.

Segundo Jackeline Maia, muitos clientes se tornam amigos após a realização dos eventos. Ela disse que não realiza festa somente para ricos. “Eu desenho a festa para você”, explicou, ressaltando que realiza eventos para todos os gostos e preços.

Mão na massa

A empresária também disse não ter medo de colocar a mão na massa. Segundo Jakeline, ela não fica sentada esperando seus funcionários fazerem tudo. Para ela, estar perto é fundamental para que o evento saia do jeito que o cliente espera. “Eu vivo rodeada de bons profissionais, mas, caso precise, eu vou para as panelas”, afirma.

Ela ainda revelou que está criando seu próprio espaço para a realização de eventos. Será numa área de 20 mil metros quadrados (m²), em Petrolina. Jackeline disse que faz questão de valorizar os produtos e serviços existentes na cidade. “Tudo que eu puder fazer o dinheiro correr em Petrolina, eu faço”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

2 × dois =