Fernando Filho espera que Lula adote medidas para combater a crise no Vale do São Francisco

por Carlos Britto // 24 de janeiro de 2009 às 14:26

O deputado federal Fernando Filho (PSB-PE) comentou sobre a grave situação pela qual passa a fruticultura irrigada no vale do São Francisco. Integrante da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara de Deputados, ele se disse otimista quanto a medidas que venham a ser tomadas pelo governo federal no intuito de minimizar o problema do setor.

Fernando Filho tem seus motivos para acreditar que o presidente Lula interceda pelos produtores do Vale, cujas dívidas já chegam a R$ 500 milhões. Em dezembro do ano passado, ele foi um dos principais articuladores de uma reunião em Brasília entre produtores, sindicalistas e representantes da fruticultura com integrantes do Ministério da Fazenda. O encontro também teve a participação do secretário estadual de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho (Desenvolvimento Econômico). Além disso, o deputado pernambucano tem se movimentado junto aos Ministérios da Fazenda e Casa Civil, Banco Central e Conselho Monetário Nacional visando a aprovar medidas que permitam ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) readequar o programa Revitaliza. Esse programa tem o objetivo de injetar novo ânimo às empresas do País.

A intenção, segundo Fernando Filho, é estender recursos do programa à fruticultura irrigada não só para investimentos, como também para capital de giro, nas áreas em que os produtores foram vítimas de adversidades climáticas – a exemplo das chuvas de 2004. “Estou certo de que o presidente Lula, que vem adotando sucessivas medidas de contenção dessa grave crise, irá incorporar novas medidas que os representantes do setor da nossa região têm levado ao governo federal para fortalecer a fruticultura”, ponderou Fernando Filho.

Fonte: Blog de Jamildo

Fernando Filho espera que Lula adote medidas para combater a crise no Vale do São Francisco

  1. José Lindomar disse:

    O problema dessas ajudas dadas pelos governos aos agricultores é que, na maioria das vezes, a primeira coisa que eles fazem com o dinheiro é comprar uma nova caminhonete importada, e não investir na melhoria de suas roças. Tem de haver uma fiscalização nesses investimentos, pois não é justo a população pagar o luxo de alguns agricultores mal intencionados.

  2. Dedão da Silva disse:

    quase não fala, até que em fim! Ufa..

  3. josival Amorim disse:

    O problema é estratégico dentro do plano de desenvolvimento economico e social do país. A autonomia tecnica de planejamento deve ser respaldada politicamente, mas nunca comandada pelo político. As ações de governo tem que obedecer a um plano geral, respeitando-se as caracteristicas de produção de cada região. Lamentavelmente, os recursos são direcionados para objetivos politicamente pessoais e de sintonia equivocada com o mercado consumidor. Quando alguem se dar bem com uma cultura todos correm para produzir a mesma coisa. O governo destina quase nada para a pesquisa e por isto as opções estacionaram.
    A nossa região cresceu demasiadamente em cima de dois pilares da agricultura irrigada, Manga e uva. Se uma ação oficial não acontecer para consertar tudo, resta-nos a seleção natural que é muito doída( doida e ou doída) porque significa a sucumbência de muitos para a salvação de poucos.

  4. Hércules Batista disse:

    O nosso nobre Deputado mesmo sendo jovem tem mostrado muita experiência em angariar fundos para a melhoria da nossa cidade. Espero que continue assim, sempre a frente dos assuntos que interesse o povo Petrolinense.

  5. Josival Amorim disse:

    A solução definitiva exige tempo de execução. O Dep. Fernando Filho tem uma vida útil pela frente muito grande, suficiente para respaldar politicamente as ações imprescindíveis à superação de todas dificuldades. Uma idéia seria um diagnóstico da situação que leve a um planejamento para médio e longo prazo. As medidas de prorrogação e refinanciamentos são indispensáveis à curtíssimo prazo, mas se não forem tomadas as de médio e longo prazo tudo voltará a se repetir. Este efeito sanfona não nos faz bem e deforma o perfil promissor da nossa região

  6. Dr. Aluilce Vasconcelos disse:

    Todos conhecem o dito popular: Não coloque todos os ovos numa cesta só.
    É fato que o vale do São Francisco possui vocação para fruticultura, mas somente quando tivermos um comercio, uma indústria e um setor de serviços realmente fortes, ficaremos menos vulnerável às instabilidades internacionais e a flutuação do câmbio.
    Os Governos Municipais (Petrolina e Juazeiro) e Estaduais (Pernambuco e Bahia) deveriam priorizar o emprego ao imposto. Quem sabe assim – reduzindo a carga tributária – não tenhamos parte destes desempregados relocados ao comércio?

  7. Dedão da Silva disse:

    Parabéns! para Josival Amorim – esse amassa barro a um tempão e, sabe o que é fruticultura-, e perfeitamente o que está falando, o resto, prefiro não comentar.

  8. antonio carlos disse:

    que bom que nós temos políticos como Fernando Filho que luta sem parar e honra seu mandato.parabéns deputado continue assim firme e forte.

  9. Paulo disse:

    Valeu demais deputado
    O Vale está em crise e necessitamos do seu apoio.
    Político de qualidade. É por isso que Petrolina sempre cresce.
    Paulo Henrique.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.