Fábrica de sapato jogado por iraquiano recebe 370 mil encomendas

por Carlos Britto // 23 de dezembro de 2008 às 12:32

O fabricante dos famosos sapatos jogados pelo jornalista iraquiano Mountazer al-Zaidi, 29 anos, contra o presidente George W. Bush afirmou ontem ter contratado 100 pessoas para enfrentar o aumento das encomendas vindas do mundo inteiro. Ramazan Baydan, proprietário da empresa turca Baydan Shoes Company, disse ontem que o modelo se tornou campeão em vendas.

“Desde o dia do incidente, recebemos um total de encomendas de 370 mil pares”, completou Serkan Türk, diretor das vendas dos sapatos Baydan, acrescentando que a companhia turca vendia normalmente 15 mil pares do modelo em questão por ano.

‘No setor de calçados, temos de saber reagir rapidamente. Contratamos 100 operários para responder à demanda”, continuou Türk, indicando que as encomendas vieram primeiro do Iraque, depois do resto do Oriente Médio e finalmente do resto do mundo.

Uma empresa americana encomendou 19 mil pares do “modelo 271”, recentemente rebatizado pela firma “Bush Shoes”, dos sapatos de sola em poliuretano que, afirmou Türk, “parecem mais pesados do que realmente são”. Eles pesam 300 gramas cada.

Depois de garantir que a empresa não se aproveitou na nova notoriedade do “Bush Shoes” para aumentar seus preços (US$ 27) na fábrica, o comerciante se disse feliz “do seu ponto de vista” do lançamento de sapatos contra Bush.

Fonte: JC

Fábrica de sapato jogado por iraquiano recebe 370 mil encomendas

  1. Pedro Lupion disse:

    Foi realmente um toque de mídia. Parabéns ao jornalista iraquiano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.