Eventos em Petrolina neste mês de maio marcarão o aniversário de 10 anos da Cia Biruta de Teatro

0
Espetáculo 'Chico e Flor'. (Foto: Rubens Henrique/Divulgação)

A Cia Biruta celebra 10 anos de teatro no mês de maio e, como já é tradição, quem ganha o presente é o público. Este ano o grupo, criado em 2008, preparou uma programação com show, oficina, apresentação de espetáculos e exposição comemorativa para festejar os seus encontros, trajetória, perspectivas, diálogos, registros, a ação comunitária e a resistência dos territórios culturais e afetivos gerados no universo do teatro.

A festa começará nesta sexta-feira (4), com o show da cantora, rabequeira e atriz Renata Rosa, no Teatro Dona Amélia, em Petrolina. A artista vai apresentar o repertório do seu novo álbum, “Encantações”, no qual apresenta o encontro das suas vivências urbanas com sua experiência de imersão no universo poético-musical do Baixo São Francisco alagoano e da Mata Norte pernambucana. Já no sábado (5) ela também será a facilitadora da oficina “O impulso da voz e do corpo”, que busca desenvolver a relação orgânica entre o movimento, a respiração, a produção de voz e o canto.

Comemorar 10 anos é um marco para qualquer grupo, principalmente no interior do estado, permeado pela escassez de políticas públicas de cultura. Nesse contexto, comemorar 10 anos torna-se uma grande celebração de luta e resistência. Mas, como bons ribeirinhos, esse percurso é feito de belos encontros e pontes construídas no nosso caminhar artístico“, revela o diretor teatral e co-fundador da Cia Biruta, Antônio Veronaldo, sobre o aniversário do grupo. “Essa programação é um resumo da nossa caminhada, desde o encontro com artistas importantes locais, nacionais e internacionais, como a Renata Rosa, passando pelos nossos trabalhos na periferia e terminando no palco do teatro Dona Amélia, onde nos encontraremos com o nosso público nesse eterno recomeço“, completa.

No dia 6 de maio a programação da Mostra Biruta 10 anos continua com a apresentação do “Processo Medusa”, resultado de uma produção coletiva do Núcleo Biruta de Teatro, e, nos dias 12 e 13, o público vai poder conferir o premiado espetáculo “Chico e Flor contra os monstros da Ilha do Fogo”, da Cia Biruta. A programação completa pode ser conferida acessando aqui.

Cia Biruta de Teatro

No catálogo de espetáculos já encenados pelo grupo estão as montagens de “Maria Minhoca” e “O Mágico de Oz”, que fizeram a companhia ficar conhecida no Vale do São Francisco e em outras regiões, além de “História de Cascudo”, “Pinóquio” e “Cenas Ribeirinhas”, um experimento de pesquisa que apontou novos caminhos para a Biruta e deu origem a um dos trabalhos mais recentes do grupo, o espetáculo Chico e Flor contra os monstros da Ilha do Fogo. A produção é fruto de uma pesquisa que busca a identidade do ator ribeirinho e sertanejo em sua metodologia de trabalho e de um processo de dramaturgia experimentado pelo grupo, sempre procurando uma poética que tenha como referência a região do médio São Francisco e suas práticas populares.

Em 10 anos de história, a Cia Biruta também acumula na bagagem participações em festivais, prêmios, e intercâmbios com grupos de teatro nacionais e internacionais. O intercâmbio mais recente aconteceu em dezembro de 2017, no Pontes Flutuantes, evento organizado pela Biruta e que trouxe para o Vale do São Francisco dois grandes nomes do teatro mundial, Eugênio Barba e Julia Varley, ambos integrantes do grupo dinamarquês Odin Teatret.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome