Euclides da Cunha: Homem mata outro com várias facadas em plena luz do dia e choca população

2
Foto: Reprodução

Um assassinato cometido em plena luz do dia e com requintes de crueldade, numa via pública movimentada no Centro de Euclides da Cunha, norte da Bahia, chocou a população da cidade e região. A vítima é Salviano Alves de Brito. Ele foi barbaramente morto com dezenas de facadas por um homem identificado apenas por José Dilson.

O que mais causou perplexidade foi que, mesmo após comente o crime, o assassino ainda desferiu outros golpes na vítima, já caída ao chão. O fato aconteceu por volta das 8h, em frente à estátua de Euclydes da Cunha, e ganhou rápida repercussão pelas redes sociais. A motivação do crime é desconhecida.

Segundo informações de populares, Salviano estava em Euclides da Cunha para ajudar familiares a encontrarem Dilson, e seguia a informação sobre onde o localizaria. Foi na calçada da Avenida Ruy Barbosa que Salviano localizou o homem e teria dito que o ajudaria a retornar para casa porque seus parentes o procuravam há dias, em várias localidades. O que se sabe a partir disso é que Dilson recusou-se retornar, e com uma faca teria dado uma série de golpes no corpo de Salviano, que caiu ensanguentado no meio da avenida.

Até ser preso ele ficou sempre próximo ao corpo e, em intervalos, desferia nova sequência de facadas. A Polícia Militar (PM) foi acionada e efetuou a prisão em flagrante do assassino, que por todo tempo segurava a faca. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Euclides da Cunha. Uma ambulância foi designada ao local, mas nada pôde ser feito pela equipe que logo constatou o óbito. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) Salviano morava no povoado de Curral Falso, município de Monte Santo. Com informações do Portal Euclides da Cunha.com.

2 COMENTÁRIOS

    • Fizeram sim, não ficou sabendo? Enquanto ele esfaqueava o senhor a população filmava pra depois sair mostrando pros amigos. Hoje em dia tá sendo assim. Ninguém se preocupa com o próximo mais não. Coitado desse senhor. Só queria levar o primo pra casa. Que TBM não vamos julgar pq ele sofria de problemas mentais, mas que a justiça seja feita. Infelizmente esse é o mundo o qual vivemos e isso é apenas a ponta do iceberg. Coisas piores estão por vir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome