Estudantes da Facape realizam manifestação para pressionar autarquia a reduzir mensalidades

4

estudantes facape5

Os estudantes da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) fizeram na noite de terça-feira (16) um movimento contundente contra o reajuste das mensalidades. Os alunos voltaram a dizer que o aumento não se justifica, diante do crítico estado da economia e das dificuldades  para todas as famílias.

Têm alunos desistindo, perdendo a faculdade porque não podem mais pagar. Tem um caso muito triste de duas irmãs que a família pediu para escolherem quem saia. As duas saíram juntas“, disse Adonjones Fernandes, presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

Os alunos reclamaram ainda do que chamaram de “falta de transparência” na Autarquia Educacional e o difícil acesso às informações. “O site não informa nada. Não temos acesso a quase nada. É um absurdo“, pontua o aluno Paulo Sena.

Eles foram recebidos pelos diretores da instituição, que afirmaram que entendem o problemas, mas que a Facape também sente o impacto da crise que se reflete em sua manutenção.

Os alunos pedem ainda que a direção da Facape avalie a possibilidade dos estudantes pagarem apenas as matérias que vão cursar no  período e não pacotes fechados, como se aplica hoje. Os estudantes deixaram claro que, caso o pleito da redução no valor das mensalidades não seja atendido, outras manifestações acontecerão. Sobre o assunto, o Blog voltou a procurar a assessoria da Faculdade.

estudantes facape4

4 COMENTÁRIOS

  1. O que acontece dentro da FACAPE é um absurdo. Vive-se uma verdadeira ditadura.
    São três aumentos, desnecessários, em menos de 03 anos. O preço sobe e a qualidade só decai.

    A FACAPE hoje é umas das 13 piores faculdades de pernambuco, de acordo com o MEC. Muitos cursos já fecharam e outros perigam fechar.

    Uma autarquia (faculdade PÚBLICA), sem fins lucrativos, que cobra uma mensalidade absurda. No mínimo estranho, não?

  2. Querem cursar uma universidade de graça na região, estudem para passar na UNIVASF ou UNEB. Se a FACAPE fosse gratuita, 90% dos que hoje estudam nessa Instituição não teriam atingido a nota para ingressar nessa Autarquia. Fora que os filhos do servidores públicos municipais teriam que desembolsar uma mensalidade completa e não teriam alunos com bolsa.

  3. Um que esta na foto sentado, é um dos 4 diretores da FACAPE, Alessandro Brito.
    Dá expediente de 8 horas em uma empresa localizada em Juazeiro, e só vai pra facape a noite.
    Essa é uma de tantas mazelas que se vê lá.
    Os outros diretores, Um tem agência de carro em Juazeiro e Bonfim, e os outros dois possuem seus escritórios de contabilidade.
    Resultado disso é a realidade da facape nesses 7 anos com esta direção, que fechou dois cursos e mais dois para serem fechados, por falta de apoio.
    Este mês, eles começara a fazer uma reforma na antiga biblioteca, com escavações, e sem uma placa sequer dos
    orgãos oficiais. Para fazer essa reforma as presas no sentido de ludibriar nos alunos, fracionaram os valores para fugir da licitação.
    Enquanto isso, o Diretor – Remigio, vai para as rádios dizer que a Facape está equilibrada.
    É a farra do boi na facape.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome