Estouramento em tubulação deverá atrasar obras de duplicação da Estrada da Banana

1
Foto: Ascom PMP/divulgação

Alardeada como um dos grandes investimentos do Governo Miguel Coelho em infraestrutura, a duplicação da Estrada da Banana – que está recebendo mais de R$ 5,6 milhões para ser duplicada e alargada – sofreu um revés nesta sexta-feira (2). O problema deveu-se a um estouramento de uma tubulação da Companhia Pernambucana de Saneamento.

No local, uma tubulação da Companhia se rompeu provocando um grande acúmulo de água na via, o que vai atrasar as obras. O secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado, lembra que várias reuniões já foram realizadas junto à Compesa e, mesmo após várias solicitações, alguns imprevistos da Companhia continuam interrompendo os serviços.

Devido ao estouramento, a prefeitura precisou suspender as atividades na Estrada da Banana, uma vez que a Compesa não agiu com celeridade para atender a demanda referente ao rebaixamento de toda a rede de água e esgoto do local da obra.

Lista

Ainda de acordo com Fred Machado, as reuniões entre prefeitura e Compesa são feitas justamente para comunicar sobre as obras, para que assim a Companhia tome as medidas necessárias de prevenção de acidentes. O gestor lembra ainda que a Compesa tem em mãos uma lista com todas as ruas e avenidas que serão duplicadas na cidade e que necessitam da intervenção da Companhia.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome