Escolas de Petrolina desenvolvem ações na semana da Consciência Negra

por Carlos Britto // 18 de novembro de 2022 às 21:35

Foto: PMP

Escolas da Rede de Ensino de Petrolina organizaram ações para discutir a importância da luta por igualdade racial e a busca pelo fim do preconceito, em alusão ao mês da Consciência Negra.

A unidade Santa Terezinha, no bairro Dom Avelar, e a de Tempo integral Juarez Canejo, na Vila Eduardo, por exemplo, prepararam uma programação que contou com palestras, atividades em sala, jogos, dinâmicas, Feira da Consciência Negra, oficinas, desfiles afro-brasileiros, apresentações culturais, entre outras atividades.

Anna Flávia da Silva, professora da Escola Santa Terezinha, destacou a importância da ação. “Todas as intervenções realizadas com os estudantes têm como objetivo trabalhar questões como representatividade, protagonismo negro e outros temas pertinentes, visando a promover a igualdade, resgatar a autoestima e valorizar as origens”, declarou.

Escolas de Petrolina desenvolvem ações na semana da Consciência Negra

  1. PENSADOR disse:

    Todos somos iguais perante a Lei. Tanto faz ser branco, negro, sarará, galego, mameluco, cafuzo, índio, etc., o que importa é ser gente. Esse tipo de ensinamento é que acirra mais essa desigualdade de cor e classe, joga negros contra branco e vive versa. Esses são ensinamentos para desestabilizarem a sociedade, são ensinamentos vindos de fora, assim como o terrorismo das mudanças climáticas, tudo farsa, o clima mundial não muda, o que existe são variabilidades do clima, que sempre ocorrem e vão ocorrer sempre. O bicho homem não tem capacidade de influenciar o clima do planeta, quando muito e isso é percebível, o homem modifica o clima local, por exemplo, a sua cidade não era calçada e tinha determinada temperatura, aí veio um Prefeito e conseguiu calçar, pavimentar ou coisa que o valha a cidade, então o clima nessa cidade vai mudar, isto é, a temperatura vai aumentar, mas só nessa cidade, por que? porque o solo não vai mais reter o o calor vindo dos raios solares, ou seja, os raios solares vão bater no calçamento e vão voltar imediatamente para o ambiente. Então, saiu do perímetro da cidade, o clima continua do mesmo jeito, sem alteração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.