Éramos assim…

7

IMG-20140301-WA003Nessa imagem, um trio dos antigos carnavais de Petrolina. Quando a prefeitura ainda investia e a comunidade participava de uma dos mais tradicionais festejos  da cidade. Um caminhão e, na porta, ainda a marca da administração Diniz de Sá Cavalcante.

7 COMENTÁRIOS

  1. Amei essa foto! Uma Volta no tempo! Essa foto é pra calar a boca daqueles que insistem em empurrar esse frevo sem graça no povo com o discurso que é cultura de Pernambuco, quando na verdade Petrolina nasceu por ser primeiramente “passagem de Juazeiro”. Esse trio da foto, dava voltas na Avenida Souza Filho e depois descia até o antigo clube do Náutico, que ficava na praça das Algarobas e fazia a alegria de toda a cidade. Outras vezes o trio saia da Secretaria de Obras, na Av. da Integração e vinha pela Av. Monsenhor Ângelo Sampaio fazendo o arrastão até o Centro da Cidade, isso sim era Carnaval. Então se carnaval é cultura, salvem o carnaval de Petrolina, começando pela vota do Trio Elétrico, não podemos negar a influencia que a cultura baiana tem sobre Petrolina.

    • Jeronimo, apesar de ser em trio, as bandas só tocavam frevo sim, o trio nada mais é que um palco andante, o Galo da Madrugada utiliza trios elétricos que na verdade nasceu da influência que a música pernambucana tem no carnaval, Osmar, que foi o inventor do trio elétrico é filho de pernambucano e só tocava frevo, quem o influenciou para tal invento foi o Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas. É bom conhecer um pouquinho da história pra não falar besteira…

      • Prezado Pernambucano, NÃO FALO BESTEIRA, PORQUE EU VIVI ESSE CARNAVAL, EU BRINQUEI ATRÁS DESSE TRIO, EU ESTAVA LÁ! SOU PETROLINENSE E SEI O QUE FALO. MAS ANDAR CANTANDO “VOLTEI RECIFE FOI A SAUDADE QUE…” NÃO COMBINA COM PETROLINA, NÃO ADIANTA FORÇAR A BARRA. A CULTURA DE PETROLINA TEM INFLUENCIA DA BAHIA COMO SEU COMENTÁRIO MOSTRA ISSO E ISSO DEVE SER RESPEITADO.

  2. Concordo com vc Pernambucano em tudo. Essa foto rememora um período em que Petrolina fazia carnaval com uma passarela gigante na praça de taxi da Av. Souza Filho onde desfilavam blocos e escolas de samba.Nos clubes Náutico, 21 de Seembro, Petrolina Club e depois o Iate Clube faziam seus bailes carnavalescos. Esse Trio tinha a participação de Vaduzinho, Nequinho, Wellignton da ICSA, Bosquinho e outros. De parabens Carlos Britto pela foto. Hoje Petrolina tenta ludibriar a opinião pública onde são gastos mais de R$ 600.000,00 só com a estrutura pra trazer banda calypso e outras porcarias. Fernando Bezerra trouxe a Petrolina o Trio Elétrico de Dodô e Osmar e a FREVIOCA do Recife. Hoje tem a frevuca (só Petrolina tem) e é discriminada por problemas políticos. É preciso mais conhecimento, sentimento e amor a Petrolina.

  3. Tenho 38 anos e não me lembro de Frevo no carnaval de Petrolina. Eram trios elétricos tocando músicas da Bahia, principalmente, Armandinho, Dodô e Osmar. O público tomava a cidade, talvez porque naquela época a dificuldade em viajar era maior do que a de hoje, mas sem dúvida era um grande público. Petrolina precisa fazer um carnaval para os petrolinenses, não para os soteropolitanos e/ou recifenses.

  4. Jair Lima,
    Eu sou um pouco mais novo que vc e tenho recordação de muito frevo durante o carnaval, o que vc acha que Armandinho, Dodô e Osmar tocam? É frevo, o que seria da música baiana que se conhece hoje se não fosse a influência do frevo? Procurem pela HIstória do carnaval da Bahia e vocês verão depoimentos de Luiz Caldas, Moraes Moreira e o próprio Armandinho sobre a influência que a música pernambucana tem sobre a história do carnaval baiano, é só procurar…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome