“Entrarei para história como o senador que mais trouxe investimentos” declara Guilherme

por Carlos Britto // 11 de setembro de 2022 às 16:10

Foto: Carlos Britto

O candidato ao Senado pelo PSDB, Guilherme Coelho, está confiante na vitória nas eleições de outubro deste ano. O ex-prefeito de Petrolina, ex-vice e também ex-deputado federal declarou que terá mais força para lutar por investimentos para realizar os grandes projetos que ele sonha trazer para Pernambuco.

“No congresso temos 513 deputados e apenas 81 senadores. Isso mostra a força que um senador tem enquanto representante do seu Estado. Ele tem o papel de garantir recursos, propor e revisar leis de interesse da população”, explicou.

Projetos

Sobre os seus projetos, a menina dos olhos do candidato é o Canal do Sertão, sonho antigo do seu pai, Osvaldo Coelho, que prevê um obra para levar irrigação a 15 municípios, começando por Afrânio, passando por Dormentes e seguindo para o Sertão do Araripe. O objetivo é potencializar a produção agropecuária local. “A irrigação trouxe o progresso a Petrolina e quero replicar isso por todo o Sertão”, disse.

Além do Canal do Sertão, Guilherme também pretende batalhar pela conclusão da Ferrovia Transnordestina, do Arco Metropolitano do Recife, projeto que pretende facilitar a mobilidade urbana na Região Metropolitana, e quer fomentar a exportação da produção do Polo de Confecções do Agreste. “Pernambuco tem muitas riquezas e quero promover o desenvolvimento do Estado inteiro. Serei o senador que mais trará recursos para o Estado na história”, finalizou.

“Entrarei para história como o senador que mais trouxe investimentos” declara Guilherme

  1. otavio disse:

    O Canal do Sertão Pernambucano é uma obra já projetada, necessitando de apenas uns ajustes com o intuito de aumentar o número de pessoas a serem beneficiadas, em particular as pessoas nativas das localidades por onde vai passar o Canal Principal. Não adianta se fazer um canal desse porte, expulsar os moradores das suas terras e vender o Projeto para Empresários a exemplo do que fizeram com o Pontal Sul, que em 2003 já tinha 60% concluído e até hoje engatinha, isso porque a Empresa devolveu o Projeto Pontal e se teve que recomeçar tudo. A função da CODEVASF é desenvolver a REGIÃO, desenvolver o povo da REGIÃO, transformando o HOMEM DA REGIÃO. Se assim não for não há razão de ser, o objetivo principal é tornar o homem da região bem sucedido. Não temos dúvidas de que esse era o pensamento do Deputado Osvaldo Coelho, que pode muito bem ser encampado por Guilherme Coelho. Tamos juntos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.