Entidades divulgam nota de repúdio contra nomeação de novo superintendente regional do Trabalho em PE

0

fetapeA nomeação do empresário Eduardo Geovane de Freitas Leite para o cargo de Superintendente Regional do Trabalho em Pernambuco não agradou muitas entidades ligados ao campo, entre elas a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe) e os Sindicatos de Trabalhadores Rurais (STRs). Representantes das três entidades divulgaram nota repudiando e afirmando que Eduardo vem assumido condutas que “ferem os princípios que regem o Ministério do Trabalho.”

Acompanhem:

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe) e os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais a elas filiados vêm a público repudiar a nomeação do empresário Eduardo Geovane de Freitas Leite para o cargo de Superintendente Regional do Trabalho em Pernambuco. Essas instituições entendem que condutas que vêm sendo assumidas por esse senhor ferem os princípios que regem o Ministério do Trabalho.

Ele é alvo de várias reclamações, na Justiça do Trabalho, de ex-funcionários de uma empresa de confecções que teve no interior do estado e foi à falência. Inclusive, há registros de que não havia recolhimento do FGTS.

Na conjuntura difícil vivenciada pelo país, com ataques à democracia brasileira, é inaceitável identificarmos um órgão de governo, que deveria estar a serviço daqueles que vendem sua mão-de-obra por um salário, ser administrado por um representante do capital, que não tem compromisso com o trabalho digno e saudável.

Num momento em que a Superintendência do Trabalho deveria se reestruturar, realizando concurso público para aumentar o número de servidores administrativos e auditores fiscais, nos deparamos com mais um golpe à classe trabalhadora.

Por esse motivo a Fetape, Fetaepe e os seus sindicatos se somam à luta dos auditores fiscais do Trabalho, apoiando firmemente a pauta da promoção do Trabalho Decente e, desde já, repudiam a nomeação de Eduardo Geovane, cobrando a imediata revogação do ato administrativo que o conduziu ao cargo.

Direção da Fetape

Direção da Fetaepe

Sindicatos dos Trabalhadores  Rurais

(foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome