Engenheiro retifica informação do Blog e diz ser ele o único a cuidar de praça no Jardim Colonial

4

Em contato com este Blog, o engenheiro agrônomo Pedro Henrique Emed retifica uma informação divulgada no dia 15 de dezembro de 2017, sobre uma praça no Jardim Colonial, que estaria recebendo cuidados dos moradores da área. Na verdade, apenas Pedro tomou a frente, envidando esforços e grana do próprio bolso para cuidar do equipamento público. Ele conta também ter aderido ao programa lançado pela atual gestão municipal, o ‘Nossa Praça’.

Confiram:

Em junho 2013 comprei um apartamento nesse edifício que aparece em uma das imagens. De imediato fiquei sabendo de que o terreno da ponta era da prefeitura, fui até a mesma para saber da real condição e passei a tomar conta e a depositar parte de meus rendimentos na manutenção. Pagava o guarda para molhar e, de finais de semana, quando podia eu mesmo zelava, quando não pagava também para outras pessoas fazerem.

Em setembro de 2014 me mudei definitivamente, pois foi entregue a obra, e continuei sempre fazendo alguma coisa para melhorar. Início desse ano a prefeitura lançou uma campanha de adoção de praças. E como já era um sonho antigo, aproveitei e adotei e coloquei o nome do Bisa, pois nem nome oficial tinha a praça.

Atualmente ela tem irrigação subterrânea automatizada com a água do meu prédio, tem dois brinquedos onde já param pais com crianças para brincar no gira-gira e na gangorra, e estou querendo fazer uma rifa para arrecadar dinheiro para poder calçar e colocar bancos. E futuramente na parede que faz fundo com o prédio e em frente à praça fazer grafitagens de imagens nordestinas e colocar a placa oficial, e chamar o prefeito para inaugurar oficialmente.

Obs: O banco que ficava na Praça de Herculândia, que foi doação do Bisa, está bem guardado e um dia vou trazer ele e colocar nessa praça aqui, pois meus filhos e netos vão sentar nele e eu vou contar essas histórias ainda.

Conto toda essa história para que os familiares se sensibilizem. Vai que ajudam com alguma coisa.

Pedro Henrique Emed/Engenheiro Agrônomo

4 COMENTÁRIOS

  1. Por mim todas as praças seriam privadas, assim como o parque Josefa Coelho. Não sei por que o meu dinheiro tenha que andar financiando estas coisas, contra a minha vontade. Peguem fotos de um parque privado e um parque público, a diferença é gritante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

cinco + onze =