Embrapa Semiárido em Petrolina tem nova chefe-geral

por Carlos Britto // 26 de agosto de 2021 às 19:01

Foto: divulgação

A pesquisadora Maria Auxiliadora Coêlho de Lima é a nova chefe-geral da Embrapa Semiárido em Petrolina. Ela assume efetivamente o cargo a partir de 1º de setembro e a solenidade de posse ocorre no dia 27 de outubro, às 15h, em cerimônia virtual transmitida pelo canal da Embrapa no YouTube.

Ela foi escolhida por meio de processo de recrutamento e seleção, ocorrido entre junho e agosto de 2021 e conduzido pela Diretoria Executiva da Embrapa. A seleção foi restrita aos empregados do quadro efetivo da Empresa que atendessem aos requisitos previstos em norma.

Maria Auxiliadora substitui o também pesquisador Pedro Carlos Gama da Silva, que ocupa o cargo desde 2014. Seu mandato terá um período de dois anos, prorrogável por até duas vezes em igual período, podendo chegar a seis anos.

Trajetória

Natural de Petrolina, Maria Auxiliadora completa em novembro 20 anos de trabalho na Embrapa Semiárido. Ela atua como pesquisadora na área de agronomia, com ênfase em Fisiologia e Tecnologia Pós-Colheita.

É graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado da Bahia (1993), e tem mestrado e doutorado na mesma área, com especialização em Fitotecnia, ambos cursados na Universidade Federal do Ceará (1998 e 2002, respectivamente).

Além de ter toda a sua formação acadêmica no Nordeste brasileiro, Maria Auxiliadora é a primeira mulher a assumir o cargo mais alto da Embrapa Semiárido. Também havia sido pioneira como primeira chefe Adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Unidade, função que exerceu no período de dezembro de 2007 a abril de 2015.

Antes já havia atuado na gestão de Pesquisa e Desenvolvimento, como coordenadora da equipe de pesquisadores do Núcleo Temático de Agricultura Irrigada da Unidade, de abril de 2006 a dezembro de 2007. Coordenou as ações de P&D e Transferência de Tecnologia da rede de pesquisa em Vitivinicultura no Semiárido 2013 a 2018, e nos últimos dois anos foi coordenadora do Portfólio de Fruticultura Tropical da Embrapa.

Além da atuação na Empresa, Auxiliadora é docente permanente dos Programas de Pós-Graduação em Agronomia/Produção Vegetal, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Agronomia/Agricultura Tropical, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), e em Ciência e Tecnologia de Alimentos, da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Embrapa Semiárido em Petrolina tem nova chefe-geral

  1. Rogério disse:

    Parabéns, pois é a excelente pessoa. Que Deus ilumine ela nesse novo desafio.

  2. Jeronimo de São Luís-MA disse:

    Parabéns Auxiliadora. Uma grande profissional, fará uma brilhante gestão!!!

  3. Moises Gomes de Oliveira disse:

    Parabéns Auxiliadora, vc merece, uma profissional brilhante e um ser humano maravilhoso, humilde e empatica, muito orgulhoso de ser seu amigo e colega de faculdade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *