Em visita a Petrolina, chapa de oposição ao Cremepe fala em renovação e modernização da entidade

0
Jozildo Souza, Carlos Medeiros e Carcio Askanio, representantes da Chapa 2. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

“Os médicos se unem para colocar o Cremepe no rumo certo”. É com esse sentimento que a Chapa 2 – Mudar e Agir, de oposição, concorre às eleições para a nova diretoria do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cemepe), marcadas para os dias 7 e 8 de agosto. Para conversar com a classe médica de Petrolina, representantes da chapa estiveram na cidade esta semana. Ao todo, disputam o conselho regional 40 nomes fortes, de várias regiões do Estado, dispostos a lutar pela melhoria da qualidade no exercício da profissão e pela modernização do Cremepe.

Em entrevista a este Blog, os representantes da chapa, o ginecologista Josildo Souza e  o psiquiatra Carlos Medeiros, expuseram com absoluta clareza as propostas do grupo para renovar e modernizar a entidade, e questionaram a chapa adversária a respeito de tudo o que deixou de ser feito nos últimos mandatos do Consellho. De acordo Jozildo, os representantes da Chapa 1 estão no cargo há 20 anos. “A gente sente, ao longo desses últimos anos, uma fadiga da gestão”, comentou. Ele destacou que a campanha do grupo é “propositiva”, como forma de “oxigenar”, pois a atual gestão estaria na “inércia”, com pouca movimentação.

Questionados sobre ó trabalho da classe médica em Petrolina, Jozildo e Carlos afirmam que a categoria está desmotivada. “É bem problemático, como o restante do estado, principalmente a saúde pública. As condições não são boas. Estamos colhendo dados para fortalecer a nossa campanha e para saber aonde a gente vai atuar. Tem o sentimento de mudança”, avaliaram.

Compromissos

Entre outros compromissos, a Chapa de oposição quer estimular a interiorização das atividades do conselho e estabelecer ações preventivas. A luta por um SUS (Sistema Únicos de Saúde) mais justo e amplo é outra meta do grupo, que também pretende estabelecer delegacias regionais mais atuantes e criar um aplicativo para manter um contato mais direto com os profissionais. Em Petrolina, o ortopedista Carcio Askanio é o candidato a Conselheiro da Chapa 2 na região.

Como a chapa é formada por 40 profissionais, a campanha pretende chegar a todas as regiões do estado. Uma batalha já ganha pelo grupo foi a ampliação do número de urnas em municípios do interior do Estado, onde antes a maioria dos médicos votava por correspondência, um método atrasado e pouco confiável. Uma ação judicial impetrada pela oposição ao atual Cremepe – encarregado de coordenar a eleição – impôs o aumento da cobertura de municípios com urnas – inclusive Petrolina – e ainda um aumento das seções de votação na Região Metropolitana do Recife.

Petrolina contará com duas urnas: uma na Delegacia Regional e a outra no Hospital Dom Malan (HDM). Os que não puderem, ainda contarão com o tradicional sistema de voto por correspondência. Vale lembrar que o mandato tem duração de cinco anos. Outras informações sobre a Chapa 2 podem ser obtidas através do site mudacremepe.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome