Em Sobradinho, programa habitacional da prefeitura quer diminuir déficit e atrair empreendimentos

0

Em Sobradinho, norte da Bahia, uma ação da prefeitura – por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento – pretende diminuir o déficit habitacional e atrair empreendimentos que promovam o desenvolvimento do município. Trata-se do Programa Nova Sobradinho I e II.

O programa tem a finalidade social de doar lotes a famílias em vulnerabilidade econômica, que fizeram um pré-cadastro e que atendam aos critérios explícitos na legislação (prioridade para mulheres que chefiam famílias, idosos e pessoas com deficiência, entre outros). Também serão contemplados os empreendedores que queiram investir nos setores do comércio, indústria e serviços, o que irá impactar positivamente da economia de Sobradinho.

Os lotes que compõem o Nova Sobradinho I e II foram divididos em residenciais e comerciais. Os imóveis residenciais serão doados para famílias de baixa renda e que se encontrem em situação de vulnerabilidade social, enquanto os comerciais serão alienados para os empreendedores mediante venda direta, com preços bem abaixo do mercado. Para a atual administração, o incentivo ao empreendedorismo local é único meio capaz de gerar emprego e renda na economia.

O número total de lotes residenciais é de 1.174, enquanto os lotes comerciais são 500 no total. Os recursos oriundos da comercialização, serão investidos em serviços de infraestrutura do novo bairro que está nascendo em Sobradinho, de forma regulamentada, através de uma iniciativa inédita na região, no quesito habitacional. De acordo com estudos recentes, existe um déficit habitacional de menos de 2000 residências no município e o Nova Sobradinho irá atender grande parte desta demanda, contemplando famílias com lotes que variam de 8 por 20 a 10 por 23 metros quadrados, cada.

Chesf

As áreas a serem loteadas foram adquiridas pela gestão municipal junto à Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), com recursos próprios – um total de cerca de R$ 500 mil, numa área total de 45 hectares, localizada nas proximidades do Pátio do Vaqueiro e do bairro São Francisco. De acordo com o prefeito Luiz Vicente Berti a gestão já está planejando a segunda etapa do programa, que irá atender a mais famílias, chegando próximo de zerar o déficit habitacional em Sobradinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome