“Em Petrolina não há déficit habitacional inferior a 50%”, afirma prefeitura, em reposta a cobranças por entrega de residências

0
Imóveis do 'Minha Casa, Minha Vida' estão abandonados em Juazeiro. (Foto: Reprodução TV São Francisco)

Após um grupo de petrolinenses, que teve o nome na lista de contemplados do programa ‘Minha Casa Minha Vida’, em 2016, cobrar da Prefeitura de Petrolina alguma resposta sobre a entrega das unidades, a Secretaria Executiva de Habitação afirmou que para o município contratar novos programas é preciso que o Censo Demográfico identifique um déficit habitacional inferior a 50%, o que atualmente não se verifica. “Dessa forma, o município encontra-se impedido de novas contratações, conforme regras do Programa Habitacional Federal”, disse a nota enviada ao Blog.

A secretaria explicou ainda que “a prefeitura é entidade organizadora que realiza parceria com as instituições financeiras e com o extinto Programa ‘Minha Casa Minha Vida’, hoje ‘Casa Verde Amarela’. Conforme a necessidade, o município busca novos empreendimentos para a população que reside em áreas irregulares, de risco e insalubres. Para que sejam autorizados novos residenciais para o público em geral, é necessária a realização de um novo censo. O Residencial Novo Tempo 5 atende a famílias que residem em ocupações irregulares e áreas de risco, cujo cadastramento foi feito in loco nessas comunidades. Para outros esclarecimentos a população pode procurar a Secretaria de Habitação, localizada na Avenida da Integração, 498, bairro Dom Malan”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 × 4 =