Em Casa Nova, ex-prefeita Dagmar Nogueira compra briga com DEM

1
Foto: divulgação

Líder histórica de Casa Nova, no norte da Bahia, a ex-prefeita Nogueira resolveu comprar uma briga pesada contra seu partido, o DEM. Todo o imbróglio começou a partir de uma determinação do presidente nacional do Democratas, o prefeito de Salvador ACM Neto, proibindo os candidatos do partido em Casa Nova de apoiar outro candidato a não ser o do PSDB, Anísio Viana.

Então presidente do DEM local, Dagmar realizou uma convenção atendendo a todos os requisitos e contrariou o cacique: o DEM em Casa Nova resolveu manter o apoio ao prefeito Wilker Torres (PSB), o qual foi reeleito no último dia 15/11.

O diretório estadual anulou a convenção e determinou a realização de uma nova convenção, com outros candidatos. Dagmar recorreu e obteve o direito de manter as candidaturas, incluindo a da sua filha, Viviane Brito. Na sexta (27), o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) acatou e determinou a anulação dos votos dados aos candidatos escolhidos na convenção realizada por Dagmar, que deverá recorrer ao TSE. O detalhe é que, só a filha dela, Viviane, obteve mais votos que todos os candidatos de ACM Neto. Além disso, a soma dos votos dos candidatos de Dagmar é três vezes mais que os votos dados aos candidatos do líder maior do partido. Resta saber como essa queda de braço terminará, mas uma coisa parece certa: o eleitor de Casa Nova se mostra fiel a sua líder.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome