Em audiência na Casa Plínio Amorim, líder da oposição defende “institucionalização de políticas públicas” para moradores em situação de rua

0
Foto: divulgação

A alternativa para minimizar a problemática das pessoas em situação de rua em Petrolina passa pela institucionalização de políticas públicas no município. Pelo menos é essa a conclusão na qual chegou o líder da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, vereador Paulo Valgueiro (MDB), na audiência pública realizada na última sexta-feira (6) que debateu o tema. A reunião foi proposta por Valgueiro e pelo seu colega de bancada, Professor Gilmar Santos (PT).

“Não adianta o governo municipal apresentar slides, vídeos com produção para prender a atenção de quem está aqui, se a realidade nefasta a gente vê nas ruas, com pessoas que adotaram as ruas de Petrolina porque não encontram outra alternativa de sobrevivência“, acrescentou Paulo Valgueiro durante os debates.

As palavras de Valgueiro encontraram ressonância no secretário Executivo de Assistência Social de Pernambuco, Joelson Rodrigues. “Efetivamente as pessoas precisam de políticas, de educação, saúde, cultura e lazer e até mesmo o direito à liberdade (…) é necessário que o poder público chegue com os serviços, os atendimentos”, frisou o representante do Governo do Estado, acrescentando ser preciso que haja adesão do município a estratégias permanentes, a exemplo da Política Nacional de Moradores em Situação de Rua, prevista no Decreto n°7053/2019.

A gestão municipal precisa fazer esse dever de casa em relação às previsões de Orçamento. Não é possível a gente enfrentar esse problema da população em situação de rua quando o orçamento para a área social cai. O problema já está colocado, ele só aumentou nos últimos anos”, destacou Gilmar. Da parte da prefeitura, o secretário Jorge Assunção (SEDESDH) justificou que o município vem atuando para minimizar o problema, com serviços como o Centro Pop. Mas essa questão, segundo ele, não tem como ser resolvida de forma isolada.

Presenças

Além do senador Humberto Costa (PT), que esteve em Petrolina cumprindo uma extensa agenda, também participaram da audiência o defensor público da União, Tales Gomes, e os vereadores Cristina Costa (PT), Gabriel Menezes (PSL), Cícero Freire (PR) e Alvorlande Cruz (PSL).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome