Em Afogados da Ingazeira, Gonzaga Patriota critica equipe de Paulo Câmara

2
Foto: PE Notícias/reprodução

Conhecido por manifestar seus posicionamentos sem temer represálias, o deputado federal reeleito Gonzaga Patriota (PSB) deu mais uma dessas declarações polêmicas. Em visita a Afogados da Ingazeira (PE), Sertão do Pajeú, no dia de ontem (9), o socialista fez críticas à equipe do governador Paulo Câmara (PSB).

Em entrevista à Rádio Pajeú FM, Gonzaga se mostrou claramente aborrecido com a comunicação do Campo das Princesas. “Hoje tem uma reunião do governador Paulo Câmara com a bancada federal no Palácio, e só ontem à noite é que recebi um comunicado informando. Agora o Palácio me liga perguntando se eu já estava chegando. Ora, estou a 400 km de distância. O comunicado era para ter sido feito com mais antecedência, e por telefone. Percorri mais de 40 cidades em menos de 20 dias e não tenho como ler e-mails por onde ando, o telefone é mais prático”, disparou Gonzaga.

O deputado disse ainda que o atendimento aos parlamentares “deixa a desejar” por parte do Palácio. “Quando telefonamos para falar com alguém da área mais próxima do governador, e não temos êxito naquele momento, ninguém se lembra de retornar as ligações para saber o motivo da nossa procura, e nós que somos do mesmo partido”, cutucou. “Não vou citar nomes, mas o próprio governador já me disse, quando eu lhe falei que iria procurar um secretário no Palácio e tratar de um assunto: ‘deixe pra ir depois do meio-dia porque o secretário só acorda depois das 11h’. Dessa forma a coisa não anda”, completou.

Em relação à política municipal, Gonzaga reforçou que apoiará o nome do ex-prefeito de Afogados, Totonho Valadares, que o acompanhou na entrevista. O socialista, no entanto, defende um diálogo com o atual gestor, José Patriota (PSB), argumentando que o nome escolhido pelo grupo precisa ser consensual, não impositivo. Com informações do PE Noticias.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu concordo com o posicionamento de Gonzaga Patriota, como sendo falta de respeito e consideração. Isso é consequência quando se coloca pessoa incompetente como secretário, só por questão partidária ou interesse próprio. Gestores que empregam indivíduos incompetentes para trabalhar em certos setores, aliais importante, infelizmente o resultado será insatisfatório, principalmente quando não se sabe lhe dar com o povo ou pessoas interligadas a elas.

Deixe uma resposta para MARIA ISABEL MARILIA VERAS DA SILVA Cancelar resposta

Comentar
Seu nome