Eleitores petrolinenses que perderam prazo para recadastramento biométrico poderão emitir certidão para não ficarem no prejuízo

0

eleitores recadastramento biométrico

Os eleitores de Petrolina e das demais cidades pernambucanas que não conseguiram realizar o recadastramento biométrico – encerrado nesta quarta-feira (4) – não escondem o desespero por conta dos seus títulos que serão cancelados pela Justiça Eleitoral. A preocupação também é pelo documento, mas muito mais pelas consequências que teriam de enfrentar. Quem ficou nessa situação terá de esperar até novembro deste ano para regularizar seu título de eleitor, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 3,50.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), no entanto, fez questão de tranquilizar os que deixaram para última hora e perderam a viagem. “O eleitor que perdeu o prazo pode emitir uma certidão circunstanciada, nos cartórios eleitorais, para não ser prejudicado em concursos, nos empregos e nos benefícios sociais”, explicou o assessor da Corregedoria do TRE-PE, Orson Lemos.

O assessor reiterou que o prazo para emissão de segunda via será estendido até 22 de setembro próximo. (foto: Marco Aurélio/para o Blog)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

3 + dez =