Eleição da discórdia: Vice-presidente pede desligamento da comissão do Sindsemp

10

Mesmo cancelada, a eleição para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) no triênio 2018/20 ainda rende muita controvérsia.

Este Blog teve acesso a um comunicado oficial do vice-presidente da comissão eleitoral do pleito, Inspetor Luiz Lopes Diniz, está pedindo seu desligamento da comissão. Diniz foi contrário tanto à suspensão da contagem de votos, na terça-feira (14), quando ocorreu o pleito, como também discordou da anulação da eleição – proposta pela Chapa 1 e acatada pela maioria dos integrantes da comissão.

O vice-presidente justificou que o acordo era para que os 134 votos em separado fossem apurados no dia de ontem (16). “Penso que o correto seria dar prosseguimento às apurações e registrar em ata todos os erros e vícios, para possíveis pedidos de impugnações das seções eleitorais que porventura fossem detectados”, afirmou.

10 COMENTÁRIOS

  1. Falam por ai que um senhor,colocou sua esposa para ficar como fiscal,como é que pode uma pessoa participar de uma comissão de uma eleição e colocar parentes para tomar conta de urnas,acho que tem coisa errada ai.

  2. Dá pra perceber aos pouquinhos que a maioria da comissão optou pela chapa 1. Vergonha isso. A chapa 2 mostrou realmente que vai lutar para o servidor, e não para ser servida..

    • A única coisa que se sabe é que esse camarada que pediu para sair saiu justamente por estar pedindo votos para chapa 2 é você fala que a chapa 1 é que foi beneficiada ??? Vocês não cansam de mentir não ???

  3. DECEPCIONADO COM MEU EX-COMANDANTE;
    Ele, como vice presidente da Comissão fez campanha aberta para a CHAPA 2, ligou, falou, pressionou a todos votarem em Magda e Didi, que sempre nos ignoraram como instituição. Além disso faltou ele dizer porque colocou sua filha e sua esposa – que inclusive votou 3 vezes na chapa 2 na mesma urna – como mesários, coisa que segundo os editais é proibido. Só concordo que deveriam cancelar as urnas fraudadas pela chapa 2, que eles perderiam centenas de votos e parariam com essa mentira deslavada que estavam para ganhar as eleições quando a cancelaram. Diniz, eu já tinha convidado toda minha família para votar no senhor para vereador, mas acredite, meu ex-comandante, melhor você nem se candidatar, pois foi quem saiu mais queimado, desmoralizado de todo esse processo foi você.

  4. O senhor Walber e Comissão, deveria era aceitar que mesmo com esses erros de mesários que nem sabe quem ele é e a chapa 2, não ganharia está eleição! Pessoas que foram para ganhar esse dinheiro extra que: assim como todos ganham para trabalhar honestamente em campanhas de qualquer partido, sem ter preferências pessoais! Erros que você mesmo Walber, fez acontecer para atrapalhar está votação! Comissão comprada!
    Eu acho que para haver uma campanha honesta, devem mudar já, essa comissão que demonstrou estar ao lado da “chapa 1”. Aí sim, não haverá essa confusão novamente, e ganhará quem foi escolhido pelos servidores da primeira vez! Obs: Não conheço O senhor Walber e muito menos, a outra candidata. Mas vi muita sujeira da parte dele!

  5. O meu pedido de desligamento da comissão eleitoral do Sindsemp se deu pelos motivos expostos no documento.
    Com relação aos mesários e motoristas, foram indicados por três membros da comissão e um da equipe de apoio, além do mais a lei permite e pelo que sei são todos pessoas de bem e confiáveis, sendo alguns esposas, esposos, filhos, primos e amigos, entre outros. Não acredito que ninguém tenha feito nada intencional pra favorecer ou prejudicar quem quer que seja, mas respeito a opinião de quem pensa o contrário.
    Por exemplo a informação de que a mesária do Traumas votou três vezes não procede.
    Na verdade a mesária acompanhada de de dois fiscais se atrapalhou e cometeu um equivoco no início da votação pensando que era pra ela assinar a cédula no campo destinado a por o nome do delegado a ser escolhido pelos eleitores. .
    A prova que não foi intencional é que logo que percebeu o erro ligou na presenca dos fuscais para o presidente da comissão eleitoral – Sr. Adonjones que passou as orientações necessárias, porém o erro já tinha sido cometido…sendo que o Sr. Adonjones confessou tudo na presença dos demais membros da comissão o fato de ter recebido a ligação da mesária e dado as coordenadas.
    No mais, reitero que não acredito que nenhum membro da comissão, mesários, motoristas e os fiscais tenham cometido erros intencionais pra favorecer ou prejudicar quem quer que seja.
    Sempre trabalho com a verdade doa em quem doer e quem me conhece sabe da minha índole, postura e conduta.
    Lamento que algumas pessoas façam comentários maudosos sem conhecimento da veracidade dos fatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome